Doenças de pele em cães e gatos: sinais para identificar e cuidar

Condição da derme dos animais serve como indicativo da sua saúde gera - Foto: Divulgação/istock

Doenças de pele são comuns em animais. Desde reações alérgicas até parasitas podem comprometer gravemente a saúde e a qualidade de vida do pet. A condição da derme e do pelo dos bichanos serve como um indicativo da sua saúde geral e pode revelar doenças latentes que estejam causando desconforto ao animal.

Uma doença de pele pode ser desencadeada por vários fatores, tanto internos, como externos. Alguns dos fatores externos mais comuns incluem pragas e parasitas. Essas criaturas pequeninas mordem a pele do animal para extrair sangue e/ou fixar residência no seu corpo, botando ovos e se proliferando.

As pulgas podem causar dermatite ou irritação da pele em muitos cães; além disso, tanto as pulgas, quanto os carrapatos, carregam doenças perigosas que podem ser facilmente transmitidas por meio de suas picadas. Os ácaros são outra praga que pode irritar a pele, causar coceira e sarna sarcóptica.

Dar banhos regulares no pet e levá-lo até o veterinário para se tratar com os medicamentos corretos e prescritos por um profissional, como o Apoquel, indicado para o alívio da coceira, pode ajudar a evitar que essas pragas e esses parasitas se proliferem no seu animal de estimação.

Assim como nos humanos, as alergias também acometem os bichanos. Os animais de estimação podem ser alérgicos a várias substâncias, que podem causar erupções cutâneas vermelhas e com coceira. Desde produtos químicos transportados pelo ar até pólen podem ser alérgenos.

Os animais de estimação também podem ser alérgicos aos alimentos que comem ou aos aditivos que esses alimentos costumam conter. As alergias alimentares geralmente se manifestam como dermatite, que pode fazer com que os donos de pet as confundam com alguma outra doença de pele ou forma de reação alérgica.

Por último, mas não menos importante, os tumores de pele também acometem cães e gatos. A maioria deles é benigna, mas é indicado fazer os exames indicados para determinar se o tratamento adicional é necessário. Avaliações regulares de bem-estar podem ajudar a detectar qualquer tipo de doença de pele mais rapidamente; portanto, leve seu pet para consultas regulares com o veterinário.

Há vários sinais que podem indicar uma doença de pele em cães e gatos – entre eles, vermelhidão, sensibilidade, pele seca, oleosa ou escamosa, feridas, mau cheiro ou odor vindo da pele dos bichanos, queda de pelo com aspecto de palha, etc. Preste atenção ao seu animal de estimação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui