Dos 62 municípios do Amazonas, apenas 25 pagam o rateio do Fundeb aos profesores

Foto: Reprodução

Apesar do salto nos repasses do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) em 2021, com mais de 1 bilhão de reais, 37 municípios do Amazonas não pagaram o rateio com os trabalhadores da educação, somente 25 municípios divulgaram pagamento de abono aos profissionais da educação.

São eles: Manaus, Iranduba, Autazes, Coari, Maués, Anamã, Anori, Alvarães, Barcelos, Beruri, Benjamin Constant, Carauari, Envira, Barreirinha, Boa Vista dos Ramos, Urucurituba, Tonantins, Santo Antônio do Içá, Manicoré, Urucará, Novo Airão, Atalaia do Norte, Jutaí, Novo Aripuanã e Parintins.

Confira os valores por município por carga de 20 horas.

Anamã R$ 15.000,00;
Alvarães R$ 16.500,00;
Autazes R$ 1.500,00;
Barcelos R$ 15.764,28;
Beruri R$ 14.030,00;
Coari R$ 4.400,00;
Envira R$ 4.400,00;
Maués R$ 9.000,00;
Iranduba R$ 14.000,00;
Manaus R$ 7.247,50;
Parintins R$ 3.000,00;
Barreirinha R$ 5.900,00;
Urucurituba R$ 6.500,00;
Santo Antônio do Içá R$ 5.000,00;
Tonantins R$ 10.000,00;
Boa Vista dos Ramos R$ 5.000,00;
Anori R$ 8.476,68;
Benjamim Constant. R$ 10.553,00;
Carauari R$ 12.927,60;
Manicoré R$ 6.000,00;
Urucará R$ 4.099,20;
Novo Airão R$ 9.736,58;
Atalaia do Norte R$ 18.000,00;
Jutaí R$ 3.000,00;
Novo Aripuanã R$ 13.741,00;
Governo Estadual (SEDUC) com R$ 12.600,00

Foto: Divulgação

Pressão dos profissionais da Educação

Professores e demais trabalhadores da educação fazem pressão nos municípios para receber o rateio do FUNDEB, teve manifestação nos municípios de Humaitá, Borba, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo e Maraã.

Foto: Divulgação

O Fundeb é um direito do professor e deve ser respeitado por todos os prefeitos, sendo dada transparência ao uso desse recurso e o rateio de sobras ao final do ano, em forma de abono.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui