Eleitores não podem ser presos a partir de hoje

Foto: Reprodução

Eleitores que moram em cidades que terão segundo turno das eleições municipais não podem ser presos a partir de hoje (24). A medida é válida desde o quinto dia que antecede o pleito e 48 horas após.

A segunda rodada de votação será realizada neste domingo (29). Quase 40 milhões de pessoas estão aptas a votar no segundo turno, que ocorrerá em 57 cidades do país, das quais 18 são capitais, entre elas Manaus.

As regras não se aplicam aos casos de crime em flagrante e de sentença condenatória por crime inafiançável, como racismo, tortura e tráfico de drogas.

Conforme a Lei 4.727/1965, a restrição das prisões no período eleitoral está prevista no Artigo 236 do Código Eleitoral. Pelo dispositivo, “nenhuma autoridade poderá, desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui