Em plena pandemia, servidores da Saúde ficam sem reajuste salarial em Itacoatiara

Foto: Reprodução

Servidores da Saúde de Itacoatiara (a 175 quilômetros de Manaus) ficaram sem reajuste salarial em plena pandemia. O prefeito Mário Abrahim reajustou em 50% somente o salário dos procuradores do município, justamente os responsáveis pelas questões administrativas e por defender a Prefeitura de denúncias e em ações judiciais.

Os profissionais da Saúde cumprem jornada de trabalho excessiva por conta da pandemia de covid-19 e também devido à redução de quadro determinada pelo prefeito. Os médicos alegam que estão se desdobrando em seus serviços nesse período.

Mário Abrahim teria dispensado profissionais de saúde que ele entendia serem seus opositores. No entanto, não contratou substitutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui