Empresários são presos por encomendar carros de luxo clonados

Foto: Erlon Rodrigues / PC-AM

Policiais civis lotados na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV). Com apoio de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagraram, ao longo de quarta-feira (29/04). A operação “Exodus”, que resultou nas prisões dos empresários Fernando Rugles Costa Lima, 32, e Marcelo Albuquerque Neves, 38, conhecido como “Panela”. Em cumprimento de mandados de prisão temporária.
A dupla estava sendo investigada por encomendar carros luxos clonados, oriundos de roubos ou furtos no sudoeste do país. Durante os trabalhos foram apreendidos cinco carros em posse dos infratores.
Conforme o delegado Cícero Túlio, titular da DERFV, as equipes policiais prenderam Marcelo na rua Catete, bairro Cidade Nova, zona norte da cidade. Já Fernando foi preso na rua Humberto de Campos, bairro São Jorge, zona oeste de Manaus. As ordens judiciais em nome dos empresários foram expedidas pelo juiz James Oliveira dos Santos, da Central de Inquéritos.
Foto: Erlon Rodrigues / PC-AM
Investigação – O delegado Cícero Túlio explicou que a operação foi desencadeada após seis meses de investigação, iniciadas a partir do compartilhamento de provas de um Inquérito Policial (IP) instaurado pela Polícia Federal de Roraima. Túlio explicou que as equipes de investigação da especializada apuraram que a dupla estava envolvida no esquema relacionado à encomenda de veículos roubados ou furtados do sudeste do país.
“Após recebermos o compartilhamento das informações da PF, intensificamos as investigações e conseguimos identificar a participação desses dois indivíduos no esquema criminoso que consistia em encomendar carros de luxo roubados e, posteriormente, clonados, da região sudeste e eram trazidos para o Amazonas e remetiam esses veículos com drogas sintéticas para o estado de Roraima, onde era feito a distribuição das drogas e a difusão dos veículos automotores”, explicou o titular da DERFV.
Foto: Erlon Rodrigues / PC-AM
Durante a operação foram apreendidos cinco carros em posse da dupla, sendo duas picapes, uma Hillux e uma Amarok, um Corolla, Grand Siena, e um Logan sedan, com suspeita de adulteração dos sinais identificadores. Os veículos irão passar por perícia técnica.
Procedimentos – Fernando e Marcelo foram indiciados por associação criminosa, receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículos automotores. Após os trâmites cabíveis, a dupla será encaminhada para o Centro de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui