Filha de Paul Walker processa montadora de carro por acidente que matou o astro


Já faz quase dois anos que o ator Paul Walker morreu em um acidente de carro e as investigações continuam. De acordo com o site TMZ, a filha de Paul Walker agora processa a montadora Porsche, fabricante do carro que Paul e seu amigo usavam no momento do acidente, um Porsche Carrera GT. Os advogados de Meadow Walker, de 16 anos, alegam que o cinto de segurança sufocou Paul e o deixou preso no banco, quebrando suas costelas e pélvis. O carro pegou fogo com a batida e Paul não teve como sair.

 
Os documentos obtidos pelo TMZ mostram que os advogados acusam a Porsche de saber que este modelo de carro tinha história de instabilidades e que o acidente poderia ter sido evitado se o carro tivesse um sistema de estabilização.

O incêndio no carro teria começado apenas um minuto e 20 segundos após a batida, fazendo com que Paul fosse queimado ainda vivo.

Investigações apontaram que o motorista Roger Rodas estava dirigindo entre 129 e 150 km/h, mas os advogados alegam que ele estava dirigindo entre 101 e 104 km/h. O limite de velocidade no local do acidente é de 72 km/h.
Meadow Walker é a única herdeira de Paul Walker. A jovem morava com Paul e atualmente vive com a mãe, Rebecca Soteros, no Havaí.

Meadow é mais discreta e evita postar muitas fotos, mas sua melhor amiga, Kendall Winnaman, adora mostrar momentos das duas juntas.

(R7)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui