Fisioterapeutas recebem capacitação da Prefeitura de Manaus

Fisioterapia Neurofuncional do Adulto - Foto: Reprodução

A Prefeitura de Manaus realiza, no período de 9 a 18/9, o 1º Curso de Capacitação em Prescrição de Exercícios em Fisioterapia Neurofuncional no Adulto. O objetivo é qualificar 23 servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), dos diversos serviços componentes da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. O curso será realizado no Centro Especializado de Reabilitação (CER), localizado no Complexo de Saúde Oeste, situado na Rua Comandante Paulo Lasmar, s/nº, em período integral, divididos em três módulos contínuos de 30 horas cada, totalizando 90 horas de treinamento.

“Com essa capacitação, os profissionais estarão preparados para atuar na reabilitação e consequente melhora na qualidade de vida de pacientes com grave comprometimento neurológico, especialmente em usuários com paralisia cerebral, neuropatia periférica, neuromiopatia e neuropatia paraneoplásica, além de diversas doenças que afetam primariamente o sistema nervoso central a exemplo o Alzheimer e o Parkinson”, explica o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

A ampliação do acesso da população acometida por estas doenças às unidades da Semsa que possuem carteira de serviços com fisioterapia especializada faz parte do Plano Municipal de Saúde (PAS) 2019 e Plano Operativo de Trabalho da Gerência da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, do Departamento de Redes de Atenção. O objetivo é oferecer a expertise necessária para o atendimento dos diversos acometimentos neurológicos causadores de deficiência física.

O curso será ministrado pelas professoras Solange Canavarro e Cristina Kurthy, que são referência na área de reabilitação Neurológica do Adulto, com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento da prática fisioterapêutica, atendendo a pacientes hospitalares e ambulatoriais e interagindo com outros colegas da prática clínica e pesquisadores do Brasil e do exterior.

Segundo a professora Solange Canavarro, a fisioterapia neurofuncional ainda é vista como um mero paliativo e não como terapia de recuperação. “Para nós, a técnica fisioterápica, quando realizada precocemente e de forma correta, traz recuperação e funcionalidade diminuindo o ônus que recai sobre a família, as instituições e a sociedade de um modo geral”, disse.

A médica Ângela Loureiro, diretora do Departamento de Redes de Atenção (DRA) da Semsa, destaca os investimentos da prefeitura na qualificação dos profissionais. “Nós buscamos sempre oferecer mais conhecimento para os servidores da Semsa e acreditamos ser essencial capacitar as equipes para atender as demandas dos usuários com comprometimento neurológico que buscam os serviços especializados de fisioterapia, qualificando a carteira de serviços e ampliando o acesso a população que necessita deste tipo de serviço”, afirma.

Atualmente, o CER atende uma demanda de 630 pacientes com problemas neurológicos que chegam por meio de encaminhamentos das Unidades de Saúde, e conta com a parceria do serviço ‘Transporta’, que é um serviço de transporte gratuito oferecido pela Prefeitura de Manaus, por agendamento, na modalidade porta-a-porta. Este serviço é gerenciado pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que utiliza veículos adaptados para atender, exclusivamente, às pessoas com deficiência física severa, com alto grau de mobilidade reduzida, impossibilitadas de utilizar os meios convencionais de transporte coletivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui