Furacão Ian chega aos EUA com categoria 4, após deixar 2 mortos em Cuba

Furacão Ian passa por Cuba e pelo sul dos EUA - Foto: g1

O furacão Ian, que passou por Cuba, tocou o solo perto de Fort Myers, na Flórida, nos Estados Unidos, depois de ganhar força e ter sido elevado nesta quarta-feira (28) à categoria 4, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) do país.

O furacão tem ventos de até 250 quilômetros por hora, segundo o NHC.

Esse é um dos furacões mais fortes a atingir os EUA em décadas, segundo o “New York Times”. Os meteorologistas afirmaram que uma parte do estado deve observar uma onda de tempestade catastrófica, vento e inundações.

Moradores da costa do Golfo do México, na Flórida, fecharam casas e seguiram para áreas mais altas. A tormenta deve levar muita chuva e ventos fortes.

Oito regiões do Estado receberam ordem para sair de locais vulneráveis: Charlotte, Hillsborough, Lee, Levy, Manatee, Pasco, Pinellas e Sarasota.

A Disney fechou, nesta quarta-feira, todos os parques do grupo na Flórida por pelo menos dois dias.

A Baía de Tampa, que não é atingida por um furacão diretamente há cem anos, e a cidade de Saint Petersburg eram os alvos mais prováveis ​​para o primeiro impacto direto, segundo a primeira projeção. Porém, uma atualização agora projeta o Ian mais ao sul do Estado.

Rua parcialmente destruída em Pinar del Rio, Cuba, após passagem do furacão Ian — Foto: Ramon Espinosa / AP Photo

No dia anterior, a tormenta atingiu Cuba, deixando a ilha inteira sem energia e duas pessoas mortas, além de vilarejos inundados. A tempestade devastou o extremo oeste da ilha com ventos e inundações.

Infográfico mostra projeção esperada para trajetória do furacão Ian — Foto: Arte g1

g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui