GCF e Idesam realizam capacitação sobre REDD+ em Macapá

IDESAM, marco zero, promove capacitação/Foto: Divulgação

IDESAM, marco zero, promove capacitação/Foto: Divulgação
IDESAM, marco zero, promove capacitação/Foto: Divulgação

Entre os dias 21(hoje) e 23 de maio, o GCF (Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Floresta) e o Idesam (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) realizam a primeira edição de 2014 do Curso de Capacitação sobre REDD+ (Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal) no Ceta Ecotel, em Macapá (AP).

Essa capacitação compõe o Programa de Treinamento GCF e receberá consultores e profissionais ambientais dos estados brasileiros que compõem esse grupo: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará e Tocantins. O evento conta com o apoio da Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento (NORAD).

O Programa de Treinamento GCF teve início em 2013 e prevê a realização de cursos por três anos. A primeira edição aconteceu em agosto de 2013, em Cuiabá. Para edição desse ano, serão abordadas metodologias e referenciais para definição de linhas de base e elementos técnicos para a construção de sistemas de MRV- Monitoramento, Relatoria e Verificação.

Disseminar o conhecimento sobre REDD+ para atores governamentais, não governamentais e tomadores de decisão no Brasil, Indonésia, México, Nigéria e Peru é o principal objetivo do treinamento e, além disso, possibilitar a troca de experiências e desafios locais sobre a temática. Para a engenheira florestal Luiza Lima, pesquisadora do Programa de Mudanças Climáticas e Serviços Ambientais do Idesam, o “encontro será de grande valia para nivelar conhecimentos e para aumentar a capacidade técnica das secretarias e de outros órgãos estaduais”.

A programação da capacitação, nos primeiros dias, envolverá, dentre outros aspectos, os desafios e oportunidades sobre a regulamentação do REDD, processo de consultas públicas, Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD) e iniciativas no Estado. Para o último dia, está prevista uma visita técnica ao Programa Pró-Extrativismo do Amapá, na Comunidade Mazagão.

Essa saída de campo possibilitará a reflexão da implementação de estratégicas do REDD+ pelos participantes do treinamento. Eles poderão “utilizar os conhecimentos adquiridos para refletir sobre uma das formas pelas quais os benefícios do REDD+ podem chegar àqueles que dependem da floresta para sua subsistência e que exercem um papel fundamental para a conservação florestal”, justifica Luiza Lima, do Idesam.

A segunda etapa do treinamento está prevista para acontecer em setembro, em Belém, Pará.

Evento CO2 Neutro – Assim como a primeira edição do treinamento, todas as emissões de carbono do evento serão neutralizadas pelo Programa Carbono Neutro, através do plantio de Sistemas Agroflorestais (SAF) na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã. Com isso, o curso implicará benefícios para a formação dos participantes e também para o meio ambiente, finaliza Luiza Lima.

Força Tarefa dos Governadores – O GCF é uma iniciativa conjunta de Estados e Províncias dos EUA (Califórnia e Illinois), Brasil (Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Mato Grosso), Indonésia (Aceh, Papua, Kalimantan do Leste, Kalimantan do Oeste e Kalimantan Central), Nigéria (Cross River State) e México (Campeche e Chiapas), criada com o objetivo de implementar mecanismos de incentivo à redução de emissões do desmatamento e degradação florestal (REDD+) entre seus participantes. Atualmente, o Idesam atua como apoio à coordenação dos Estados das ações do GCF no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui