Governador do Amazonas inaugura novo complexo de segurança

Foto: Bruno Zanarda/Secom

Novo prédio faz parte do conjunto de obras que estavam paralisadas, retomadas nesta gestão

O governador do Amazonas, Wilson Lima, inaugurou, ontem terça-feira (13/08), a nova sede da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), da Polícia Civil do Amazonas. A unidade, localizada no conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus, faz parte de uma lista de 121 obras iniciadas em outras gestões, que não foram concluídas e já começaram a ser retomadas pelo Governo do Estado.

“Hoje nós damos uma resposta muito forte para aqueles que agridem crianças e adolescentes e damos um recado de que não toleramos esse tipo de comportamento no estado do Amazonas. Essa é uma das obras que estavam pelo meio do caminho. O que eu estou fazendo aqui é o que já deveria ter sido feito há muito tempo”, disse Wilson Lima.

O governador informou que outras obras abandonadas já foram reiniciadas pelo Estado. “Só no interior, nós temos obras em aproximadamente 50 municípios. A gente está entregando, este ano ainda, parte de obras da AM-070. Nós já vamos entregar 20 quilômetros. Estamos entregando a primeira etapa do Anel Sul, vamos iniciar o trabalho de construção do Anel Leste, estamos entregando todas as obras de recuperação do sistema viário do interior. Estamos entregando, também, o Prosamim do São Raimundo, vamos entregar o Prosai do município de Maués, a primeira obra do BID em um município com menos de 100 mil habitantes”, enfatizou.

Foto: Bruno Zanarda/Secom

Melhorias – Em uma área de quase mil metros quadrados construídos, 26 salas e 88 vagas de estacionamento, a nova sede teve um investimento de R$ 1,2 milhão. Com a unidade policial, o Governo do Amazonas oferece melhores condições de policiamento nos bairros da Região e de atendimento às vítimas de abusos e outros crimes.

“A vinda da 16ª Cicom para cá é uma garantia dessa tranquilidade que os moradores vão ter aqui, uma vez que nós estamos em uma área central, em que há uma mobilidade muito rápida das viaturas que estão aqui”, pontuou Wilson Lima.

O policiamento na área do conjunto Morada do Sol será aperfeiçoado com a inauguração do novo prédio e programas como Ronda Escolar, Ronda Comercial e Rede de Vizinhos Protegidos serão mantidos, garantindo a maior aproximação entre Polícia Militar e comunitários, a intensificação do patrulhamento regular e o desenvolvimento de novos projetos. O funcionamento será 24 horas por dia, trazendo benefícios para comerciantes, estudantes e moradores.

“É um policiamento integrado, isso é importante para a segurança pública. A 16ª Cicom já era um anseio grande para os policiais que trabalham na área, porque nós não tínhamos sede. O policiamento vai partir para a rua, para a comunidade aqui da base. Fica mais próximo dos moradores aqui da localidade”, disse o subcomandante da Polícia Militar, coronel Mouzinho.

De acordo com o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, o complexo possibilita um melhor atendimento à população. “Essa obra era o símbolo do abandono e do descaso com a coisa pública. O governador determinou que essa obra fosse concluída, com isso ela dá mais condições para os policiais, tanto civis quanto militares, prestarem um melhor serviço para essa comunidade, que a cada dia mais se expande”.

A unidade conta com 80 policiais militares e sete viaturas para atender os bairros Aleixo e Adrianópolis. Para acionar o policiamento em caso de ocorrências, o telefone da supervisão de área da 16ª Cicom é o 98842-1705.

Foto: Bruno Zanarda/Secom

Depca – O novo prédio tem dois andares e conta com ambiente de identificação, cartórios, auditório, gabinetes para delegados, área para material apreendido, entre outros, possibilitando a ampliação do atendimento às crianças e adolescentes vítimas de violência. O espaço possibilita a instalação de estruturas como uma brinquedoteca e uma sala de escuta com gravação audiovisual.

Alguns diferenciais foram pensados para humanizar o atendimento. A entrada dos presos, por exemplo, será separada da entrada das vítimas atendidas pela equipe da Depca. Além disso, uma sala de reconhecimento está sendo preparada.

“Para que a gente possa oferecer para as vítimas um atendimento diferenciado, humanizado e digno, porque essas vítimas já sofrem muito, carregam consigo marcas no corpo e na alma, desses crimes bárbaros. O nosso público, a maioria são crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. Esse atendimento vai dar humanidade, para que elas possam ter esses traumas amenizados”, considerou a delegada Joyce Coelho, titular da Depca.

Retomada – A obra de reforma e conclusão do prédio da 16ª Cicom e Depca foi realizada por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). O complexo estava abandonado e com obras paralisadas há, pelo menos, dois governos.

Os trabalhos incluíram revisão completa com intervenções desde as instalações elétricas e de lógica, referente a sistema de computadores, passando pela substituição ou instalação de novas portas e esquadrias, em substituição às que foram roubadas ou danificadas em razão de atos de vandalismo.

Também foram realizados serviços de pintura, recuperação do forro, revisão do telhado, construção de um muro de contenção e do estacionamento, dentre outras ações como o sistema de proteção contra descarga atmosférica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui