Governo quer movimentar R$ 200 milhões em linhas de financiamento

Foto: Reprodução

Para o orçamento deste ano a ser aplicado em crédito emergencial e renegociação, o Governo do Estado, por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), terá uma alta de 22% em comparação ao valor disponibilizado em 2020, passando de R$ 115 milhões para R$ 140 milhões.

No caso de renegociação, a previsão de movimentação será de até R$ 60 milhões, totalizando R$ 200 milhões em linhas de financiamento e renegociação para autônomos, micro e pequenos empreendedores e profissionais liberais.

O diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinícius Castro, destacou que, até o momento, a Afeam já movimentou R$ 34 milhões, tanto para crédito emergencial quanto renegociação, sendo o principal foco os financiamentos até R$ 100 mil. As taxas de juros variam de 2,6% até 7,2%, com bônus de desconto de adimplência em 25%.

Para ter acesso ao programa, o interessado precisa enviar as documentações que constam no site da Afeam e, dependendo do valor solicitado, também é exigida garantia de avalista.

A Afeam também analisará o porte das empresas que queiram solicitar financiamento acima de R$ 100 mil. Mais informações, lista de documentos e demais informações sobre o Crédito Emergencial estão disponíveis no site da Afeam (www.afeam.am.gov.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui