Hatches e picapes dominam vendas no Amazonas

Onix premier - Foto: Chevrolet

Coluna Via Digital

Por Lucia Camargo Nunes

O mercado do Amazonas é dividido por modelos pequenos e grandes. Nas vendas consolidadas do primeiro trimestre, veículos de entrada se revezam com picapes entre os mais emplacados do período.

A dupla Onix – hatch e sedã – é líder absoluta no estado. A Chevrolet ainda se destaca pelas boas vendas da picape S10. Da Fiat, os modelos mais vendidos são as picapes Strada e Toro. A Hyundai também vai bem, com o hatch HB20 e o SUV Creta.

Onix Plus – Foto: Chevrolet

Em nível nacional, os emplacamentos de veículos em março, impulsionados pelo segmento de duas rodas e pesados, cresceram 23,2% sobre fevereiro e 1,4% sobre março de 2021. Já no acumulado do 1º trimestre, houve queda de -7,6% sobre o mesmo período do ano passado.

Confira o ranking do trimestre:

Top 10 dos mais vendidos no Amazonas

Modelo Unidades
1º Chevrolet Onix 524
2º Chevrolet Onix Plus 452
3º Fiat Strada 364
4º Chevrolet S10 253
5º Renault Kwid 215
6º Volkswagen Gol 212
7º Fiat Toro 203
8º Hyundai HB20 180
9º Toyota Hilux 174
10º Hyundai Creta 168

Fonte: Fenabrave / vendas no acumulado de 2022 até 1ª semana de abril

Nova safra de picapes médias e compactas

Nissan Frontier – Foto: Nissan

As vendas das picapes só crescem. Enquanto entre as pequenas a Strada nada de braçada, o segmento de picapes compactas faz o aquecimento para os próximos lançamentos e, entre as médias, são aguardadas renovações.

A começar pela Nissan, que iniciou a pré-venda da nova Frontier, nas lojas no fim de abril. Produzida desde 2018 em Córdoba, Argentina, teve o lineup ampliado com a oferta de 6 versões, por preços entre R$ 230.197 e R$ 314.590.

Nissan Frontier – Foto: Nissan

O redesenho deixou a Frontier mais geométrica, com aparência robusta e esportiva. Na frente, destaque para os novos faróis com projetor de LED quádruplos em forma de “C” e a grade imponente. Atrás novas lanternas e uma mudança importante na tampa do porta-malas, que recebeu amortecedores e deixou sua abertura 60% mais leve.

O motor foi mantido, com algumas alterações para atender às novas normas de emissões: o 2.3 diesel com opção turbo (163 cv, ou 3 cv a mais) e biturbo (190 cv). A picape também recebeu um tanque para armazenar Arla32 e melhorar a emissão de poluentes.

Design funcional, robustez e tecnologia

Com tecnologia, Nissan quer reforçar dotes off road da Frontier – Foto:Nissan

Os executivos da marca ressaltam que a Frontier está baseada em três pilares: design, novas tecnologias e robustez. Do primeiro item, trata-se de um redesenho para cativar e, para isso, funcional. Desde os faróis com 4 projetores com 30% mais de brilho no farol alto e 20% no baixo, à caçamba com 10% a mais de capacidade e 27 porta-objetos.

Por dentro, as maiores mudanças estão no volante herdado do Kicks e na tela TFT do painel de instrumentos que cresceu para 7”. A segurança foi reforçada nas versões mais caras com um pacote que inclui alertas de tráfego cruzado, de permanência em faixa, de ponto cego, de colisão frontal, faróis altos inteligentes e frenagem automática de emergência.

Em tecnologia, as versões mais caras da picape recebem um novo pacote de segurança. E os novos acertos de suspensão e bloqueio do diferencial entregam mais disposição para enfrentar terrenos off-road.

Sem alívio: mais aumentos de preços

Fiat Toro – Foto: Stellantis

A redução de IPI ajudou a reduzir preços, mas como já era esperado, algumas marcas voltaram a reajustar. Só que para cima.

Mal virou o mês e a Fiat Toro teve aumentos que superam os R$ 8 mil. A picape compacta agora começa em R$ 138.390 na versão Endurance 1.3 AT6, aumento de R$ 3.371. A topo de linha, Ultra 2.0 turbodiesel AT9, foi reajustada em R$ 8.178 e agora custa R$ 211.190.

Fiat Pulse – Foto: Stellantis

O preço do Fiat Pulse também subiu. Uma das versões foi reajustada em R$ 4 mil: a Drive 1.0 Turbo CVT foi de R$ 103.446 para R$ 107.490. Agora o SUV de entrada, na versão Drive 1.3 parte de R$ 89.990 (alta de R$ 3.900) enquanto a configuração mais cara, a Impetus 1.0 Turbo CVT, está por R$ 125.590 (aumento de R$ 3.985).

Da Renault, o carro mais barato do Brasil já ultrapassa a barreira dos R$ 60 mil. O Kwid 2023, lançado em janeiro, parte agora de R$ 61.090 na versão Zen (subiu R$ 2.000). A intermediária intense, foi para R$ 65.190, alta de R$ 1 mil, mesmo reajuste para a configuração Outsider do Kwid, a R$ 68.690.

Kwid Intense 2023 – Foto: Renault

Lucia Camargo Nunes é economista e jornalista especializada no setor automotivo. E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui