Homem de Ferro é flagrado com galão em fila de posto

'Homem de Ferro' também está sofrendo com a falta de combustíveis, e tentou comprar gasolina em posto de Brasília(Reprodução/Facebook)

A greve dos caminhoneiros mudou a rotina de todo o País. Com o bloqueio de rodovias, manifestações e falta de abastecimento de diversos itens, a situação em postos de gasolina, por exemplo, tem sido atípica: grandes filas de veículos, motos e pessoas com galões são formadas nos pontos que – ainda – contam com combustível. E se você achou que algumas “parcelas” da sociedade não seriam afetadas, mudará de ideia ao descobrir que até mesmo o ‘Homem de Ferro’ sofreu para conseguir alguns litros de gasolina por aqui.

Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, uma pessoa fantasiada de Homem de Ferro fpi flagrada em um posto de gasolina, ‘equipado’ com um galão de plástico, na ‘luta’ para tentar garantir o seu combustível. O caso teria acontecido na noite do último domingo (27) em Brasília, no posto da rede de supermercados Fort Atacadista, onde o personagem não demorou para começar a fazer sucesso.

‘Homem de Ferro’ também está sofrendo com a falta de combustíveis, e tentou comprar gasolina em posto de Brasília(Reprodução/Facebook)

Os momentos do homem tentando conseguir gasolina foram gravados por várias outras pessoas que compartilhavam da mesma saga do super-herói, e o resultado foi divulgado nas redes sociais.

Além disso, outras pessoas também aproveitaram para tirar uma foto com o personagem , como fez Anderson Ribeiro, que publicou o clique no seu Instagram:

Anderson Ribeiro “O homem de ferro tá sem gasolina!”/Foto: Reprodução/Instagran

Nono dia de greve dos caminhoneiros

Nesta terça-feira (29), nono dia desde que a greve dos caminhoneiros teve início em todo o País, alguns postos de gasolina começaram a ser reabastecidos . Porém, embora essa informação traga esperança de que o dia seja de tímida retomada da normalidade, protestos continuam em pelo menos 22 estados e no Distrito Federal.

Falta combustível em pelo menos nove dos 54 aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutra Aeroportuária (Infraero) no país. Em balanço atualizado à 1h05 desta terça-feira (29), a empresa informou que monitora o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais.

Ainda na manhã dessa terça alguns caminhões foram vistos na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), o maior centro de distribuição de alimentos do Brasil, localizada na zona oeste da capital paulista.

Os reflexos da greve dos caminhoneiros, portanto, atingem diversos setores do País e as consequências a longo prazo ainda serão medidas. Difícil se até o Homem de Ferro passa aperto, não é?

Fonte: Último Segundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui