Homem que matou esposa e colocou corpo em porta-malas de carro, é preso

Foto: Divulgação

MANAUS – Na segunda-feira (20), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 20° Distrito Integrado de Polícia (DIP), com o apoio do Núcleo de Combate ao Feminicídio (NFC), efetuou a prisão de Gilciney Dias da Silva, 55, investigado pelo feminicídio da companheira dele, a técnica de enfermagem Luciane Gonçalves de Souza, que tinha 48 anos. O crime ocorreu na madrugada de quinta-feira (16/09), no bairro São Raimundo, zona Sul de Manaus.

De acordo com o delegado Rodrigo Barreto, titular da 4ª Seccional Oeste, que está respondendo pelo 20° DIP, o crime aconteceu na casa do casal, naquele mesmo bairro, em seguida, Gilciney colocou o corpo no porta-malas de um carro e o abandonou na rua São Sebastião. Posteriormente, ligou para uma amiga em comum do casal e informou que havia praticado o crime.

“Ele alegou que o delito ocorreu após ele ingerir bebidas alcoólicas, pelo fato da mulher informar que iria se separar dele e sair de casa. Logo em seguida, eles iniciaram uma discussão que culminou na morte dela”, relatou o delegado.

A autoridade policial informou que a mulher foi encontrada no carro sem roupas e com marcas na região da cabeça. Foi solicitado o exame de necropsia do corpo, que vai constatar a causa da morte.

O mandado de prisão preventiva em nome de Gilciney foi expedido na sexta-feira (17/09), pelo juiz Fábio Lopes Alfaia, da Central de Plantão Criminal.

O homem foi indiciado por feminicídio. Ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui