Amazonas Cidades Política

Igreja e parlamento lançam Campanha da Fraternidade na Aleam

Deputado Serafim Corrêa e Frei Paulo Xavier -Foto: Marcelo Araújo
Redação I
Escrito por Redação I

O deputado Serafim Corrêa (PSB) fez um alerta, nesta quinta-feira, 14, para a necessidade da defesa, execução e fraternidade nas políticas públicas. A afirmação foi feita durante sessão especial de lançamento da Campanha da Fraternidade 2019, proposta pelo deputado, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que tem como tema ‘Fraternidade e Políticas Públicas’ e como lema ‘Serás Libertado pelo Direito e pela Justiça’.

“A Campanha da Fraternidade todos os anos aborda um tema que seja do momento. E, neste ano, nada melhor do que alertar para a necessidade de sermos fraternos nas políticas públicas. O Brasil tem uma série de políticas voltadas para toda a sociedade, mas, principalmente, para as pessoas mais carentes. E o que vemos é que o atendimento público dessas políticas públicas fica muito a desejar. Vale principalmente nos exemplos negativos, que são nos atendimentos da saúde. Isso é algo que toda a sociedade questiona. Mas não apenas as questões governamentais resolverão. Esse é o atendimento dado pelas redes de saúde do país inteiro. E, esse péssimo atendimento começa na recepção, quando aquela pessoa vai buscar atendimento da sua saúde ou familiar e acaba sendo destratada, e às vezes, até agredida”, alertou o deputado.

Para Serafim, a principal mensagem deixada pela Campanha da Fraternidade 2019, é a de que as ações de preconceito precisam ser mudadas e respeitarmos uns aos outros.

“Dei esse exemplo para mostrar a pertinência da Campanha da Fraternidade para que consiga tocar o coração das pessoas, principalmente para aquelas que executam essas políticas públicas, para que elas possam dar um tratamento melhor. Mas se evoluirmos para um atendimento médico propriamente dito na rede pública teremos uma situação complicada. E, se evoluirmos para as situações nas delegacias de policia, onde as pessoas que têm opção sexual diferenciada da nossa e as mulheres são agredidas, iremos para um campo minado. Precisamos ser fraternos e respeitar uns aos outros”, defendeu Serafim Corrêa.

Igreja e parlamento unidos

O Frei Paulo Xavier, da Igreja de São Sebastião, que representou a Igreja Católica na solenidade, falou sobre a importância da união entre o parlamento e a igreja.

Foto: Marcelo Araújo

“Queremos dizer que a igreja estende a mão ao parlamento. E ao mesmo tempo reitera o direito à justiça, o direito à paz. Estamos vivendo a situação da violência e a Campanha da Fraternidade se insere no compromisso da igreja, a partir da sua fé, na Quaresma. Para olharmos para nós mesmos e transformar atos, ações para nos tornamos melhores. A Igreja reconhece que precisamos dar as mãos para que as vidas sejam respeitadas e realizarmos o sonho de todos nós, uma vida mais justa e de paz ”, disse Frei Paulo.

O secretário de Educação, Luiz Castro, disse que a discussão de políticas públicas, levada por Serafim à Assembleia, é fundamental para que elas sejam aperfeiçoadas.

“É uma campanha emblemática como tem sido sempre as Campanhas da Fraternidade no Brasil, mas, neste caso, uma relação direta com o poder público, que se trata de valorizar e de aperfeiçoar as políticas públicas. Entendendo política pública como um binômio de uma ação de governo, com visão de estado, em parceria com a sociedade, seja na saúde, educação, no fomento à renda, ao meio ambiente. É muito importante a iniciativa do deputado Serafim de trazer esse tema aqui para a Assembleia”, disse Castro.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.