Inaugurada a nova unidade do PAC na Galeria dos Remédios, no Centro de Manaus

Novas instalações do PAC/Foto: Nathalie Brasil

Novas instalações do PAC/Foto: Nathalie Brasil
Novas instalações do PAC/Foto: Nathalie Brasil
Novas instalações do PAC, na Galeria dos Remédios/Foto; Nathalie Brasil
Novas instalações do PAC, na Galeria dos Remédios/Foto; Nathalie Brasil

Inaugurada hoje, sexta-feira (14), a nova unidade do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), na Galeria Popular dos Remédios, no Centro Manaus. Com os serviços do PAC, Estado e Prefeitura de Manaus esperam consolidar de vez a estrutura comercial que aloja os antigos camelôs.
A estimativa é que um público de mais de 50 mil pessoas passe a circular por mês no local em busca de atendimentos no PAC, o que também deve beneficiar os comerciantes.

Localizada na rua Miranda Leão, a Galeria Popular dos Remédios possui 220 boxes comerciais. O lugar está recebendo obras para abrigar outros 300 ex-camelôs do Centro. O PAC Galeria dos Remédios fica no quarto andar do prédio. Um elevador exclusivo será disponibilizado para dar acessibilidade às pessoas com deficiência e ao público em geral. Segundo a Ouvidoria Geral do Estado, o novo espaço substitui o PAC Porto de Manaus e oferece maior capacidade para atendimento. São 26 guichês para atender o público, seis a mais.

“Esse é um grande presente que a parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus vem fazendo em prol da população. Com o PAC dentro da Galeria, não só a população será beneficiada, como também os microempresários”, declarou a ouvidora geral do Estado, Zanele Teixeira. Ela informou ainda que, até o fim do ano, outros dois PACs serão inaugurados por determinação do governador José Melo. A rede de serviços será oferecida no Shopping Via Norte e também na Galeria Popular do bairro Jorge Teixeira, que está sendo construída pela Prefeitura de Manaus na zona leste. No interior, Itacoatiara e Tefé devem ganhar PACs, no primeiro semestre do ano que vem.

Revitalização – As galerias populares fazem parte do projeto de revitalização do Centro Histórico e de regularização dos camelôs que ocupavam as calçadas da zona central da cidade. O projeto é do prefeito Arthur Neto. Além da Galeria dos Remédios, este ano, a prefeitura inaugurou a Galeria Espírito Santo e tem outras duas em desenvolvimento. De acordo com o secretário municipal de Governo, Márcio Noronha, a galeria da zona leste será uma das maiores da capital e ficará próxima ao Terminal de Integração de Ônibus T4.

Segundo o secretário municipal de Governo, a presença dos PACs é fundamental para atrair mais público às galerias. Desde as etapas iniciais de discussão do projeto das galerias, em 2012, foi identificada a necessidade da oferta dos serviços como atrativo popular. “Começamos a discutir o projeto para a retirada dos camelos, das galerias populares, e, desde lá, foi identificado que seria fundamental para o bom funcionamento que os PACs estivessem presentes, junto com os serviços prestados pela prefeitura. É fundamental”, frisou.

Estrutura do PAC dos Remédios – O novo PAC, com uma área de aproximadamente 572 metros quadrados, vai contar com os seguintes órgãos: Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef) e Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), Instituto de Identificação, Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Bradesco Expresso, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Secretaria do Estado da Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetran), Programa Estadual de Proteção, Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-AM), Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) e Correios.

A nova unidade também reúne os serviços do projeto Três em Um, que abrange os atendimentos relacionados ao CPF, INSS e à recepção e entrega dos documentos perdidos e achados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui