Índios isolados são vacinados em campanha da FAB

Aldeias do Vale do Javari-AM, serão imunizadas até a próxima sexta-feira/Foto: Divulgação

Equipes de saúde visitam aldeias indígenas do Vale do Javari, área de difícil acesso no estado do Amazonas, para campanha de multivacinação, até a próxima sexta-feira (25). A chegada do serviço nesses locais tornou-se possível com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB).

Para cumprir a missão de transportar as equipes e todo material necessário, foi utilizado um helicóptero H-60L Black Hawk, que levou a tripulação do 7º Esquadrão do 8º Grupo de Aviação (GAv) da FAB, em Manaus, para
Tabatinga, município do estado do Amazonas, que fica na fronteira com Peru e Bolívia.

Foram seis horas de deslocamento, transportando o apoio logístico necessário ao cumprimento da missão, que engloba Alto Ituí, Alto Curuçá, Médio Ituí, Rio Branco, Itacoai, Jaquirãna e Médio Curuçá. O trabalho é coordenado pelos ministérios da Defesa e da Saúde, na Operação Gota.

Dezoito profissionais do setor de imunização do Distrito de Saúde Indígena do Vale do Javari, entre técnicos e enfermeiros, foram capacitados para levar 1.890 doses das vacinas do calendário anual de Saúde para adultos e crianças das áreas indígenas.

Aldeias do Vale do Javari-AM, serão imunizadas até a próxima sexta-feira/Foto: Divulgação

“O índio aldeado não precisa sair do seu local para fazer a prevenção de uma doença. Às vezes, a gente tem muita recusa de indígenas que não querem vir para cidade”, explica a coordenadora do grupo, Luziane Lopez, destacando a importância do apoio para acesso.

Até o dia 25, serão atendidas aldeias de quatro etnias do Amazonas: Marubo, Mayuruna, Kanamari e Matis.
Operação Gota.

A Operação Gota teve início em 1993, como iniciativa isolada no Amazonas, após a notificação de surtos de sarampo em comunidades indígenas da região do Vale do Juruá.

Neste ano, o Ministério da Saúde repassou recursos ao Ministério da Defesa, com objetivo de conseguir apoio logístico para os estados do Amazonas, Pará, Amapá e Acre. Organiza-se o total de 16 missões para 2017, distribuídas em 157 dias e 488 horas de voo. Com informações do Portal Brasil.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui