Instituto Mamirauá é eleito uma das 100 melhores ONGs do Brasil

O Instituto Mamirauá é um dos principais centros de pesquisa na Amazônia - Foto: Marcello Nicolato

Reconhecimento é do prêmio “Melhores ONGs”, divulgado na última quinta-feira. Centro de pesquisa e conservação na Amazônia foi escolhido entre 1.700 organizações não-governamentais no país

O anúncio dos vencedores do prêmio “Melhores ONGs” 2018, na noite de quinta-feira (01/11), destacou o Instituto Mamirauá como uma das melhores organizações não-governamentais (ONGs) do Brasil. Transparência, planejamento e excelência na gestão foram critérios julgados pela premiação, organizada pelo Instituto Doar, Rede Filantropia e pela consultoria Mundo Que Queremos.

Prestes a completar 20 anos de história, o Instituto Mamirauá é um dos principais centros de pesquisa na Amazônia, atuando em frentes como conservação da biodiversidade, manejo de recursos naturais e melhoria da qualidade de vida das populações locais. Iniciativas pioneiras na região, como as metodologias e assessoria ao manejo de pirarucu e ao manejo florestal madeireiro em matas de várzea, estão entre as práticas do instituto.

O diretor Técnico-Científico, Emiliano Ramalho, e a diretora de Manejo e Desenvolvimento, Dávila Corrêa – Foto: Divulgação Melhores ONGs

Organização social sem fins lucrativos, há anos o Instituto Mamirauá trabalha em cooperação com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), gerando e divulgando conhecimentos de ponta sobre a diversidade de fauna, flora e sobre os povos do passado e do presente no bioma amazônico.

A cerimônia do prêmio “Melhores ONGs” foi realizada no Parque Ibirapuera, em São Paulo. O Instituto Mamirauá foi representado pelo diretor Técnico-Científico, Emiliano Ramalho, e pela diretora de Manejo e Desenvolvimento, Dávila Correa.

O prêmio é um reconhecimento importante pelo trabalho que o Instituto Mamirauá – Foto: Amanda Lelis

“O prêmio é um reconhecimento importante pelo trabalho que o Instituto Mamirauá tem feito ao longo de sua história. Neste ano, foram 1.700 ONGs em um universo de mais de 300 mil ONGs existentes no Brasil hoje, então estar entre as 100 primeiras é muito significativo. E é um prêmio de todos que fazem e já fizeram parte do Instituto Mamirauá “, declara o diretor Técnico-Científico do Instituto Mamirauá.

Melhores ONGs

Participaram da seleção cerca de 1.700 ONGs de diversos ramos de atuação e das cinco regiões do país. Entre as organizações escolhidas, também estão nomes como FUNBIO – Fundo Brasileiro para Biodiversidade, Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e WWF-Brasil. Confira a lista completa de 100 melhores ONGs de 2018.

Transparência, planejamento e excelência na gestão foram critérios julgados – Foto: Marcello Nicolato

De acordo com a organização do prêmio, o reconhecimento pode incentivar pessoas “a definirem para quais ONGs querem doar seu dinheiro e seu tempo voluntário”. “O prêmio em si é uma iniciativa louvável porque busca aproximar e tornar conhecidas ONGs que tenham um trabalho destacado para que possíveis doadores privados no Brasil, país que tem pouco histórico em investir em doações para organizações do terceiro setor, se sintam incentivados e conheçam as melhores ONGs para saber onde doar”, complementa o pesquisador Emiliano Ramalho.

Para conhecer mais sobre o Instituto Mamirauá e doar para a instituição, acesse aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui