Jair Bolsonaro defendeu a redução da ‘licença maternidade’

Jair Bolsonaro foi favorável em 1993 à redução da licença maternidade, de 120 dias - foto: 247

Líder nas pesquisas eleitorais para presidente da República, o deputado Jair Bolsonaro foi favorável  à redução da licença maternidade, de 120 dias, em 93, um direito garantido pela Constituição de 1988.

A posição do atual presidenciável do PSL, que era então filiado ao PPR do Rio de Janeiro, foi registrado em arquivos do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que entrevistou os parlamentares e produziu uma série de livros.

Jair Bolsonaro foi favorável em 1993 à redução da licença maternidade, de 120 dias – foto: 247

Esse e outros posicionamentos foram publicados em reportagem de Hugo Marques, em julho deste ano, na revista Veja. Bolsonaro também foi favorável à “privatização parcial” da previdência social pública quando respondeu ao questionário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui