Lula vai disputar o 2º turno à Presidência da República com Bolsonaro

O petista recebeu 47,85% dos votos, ante 43,70% do adversário - foto: recorte

O ex-presidente Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) avançaram para o segundo turno da eleição presidencial neste domingo, 2 de outubro. O petista recebeu 47,85% dos votos, ante 43,70% do adversário. (Resultado registrado às 21h27, com 96,93% das urnas apuradas).

Simone Tebet (MDB) atingiu 4,22%, ultrapassando Ciro Gomes (PDT), que teve 3,06%. (Resultado registrado às 21h27, com 96,93% das urnas apuradas).

Diante do amplo apoio que Lula conquistou na reta final da campanha, havia a expectativa de que ele pudesse ser eleito já no primeiro turno. Apoiadores do ex-presidente utilizaram as últimas semanas para pedir o chamado “voto útil” contra Bolsonaro, mirando principalmente os eleitores de Ciro Gomes.

Um dos argumentos a favor do voto útil era barrar a possibilidade de um golpe a ser promovido por Bolsonaro. A ideia com a vitória em primeiro turno seria dificultar eventuais planos golpistas do atual chefe do governo, que reiteradamente ataca as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral brasileiro, ameaçando a democracia.

Em caso de contestação do resultado das urnas no primeiro turno, Bolsonaro estaria contestando, além da vitória de Lula, a eleição de diversos deputados estaduais, federais, senadores e governadores pelo país, dos mais diferentes partidos.

O segundo turno da eleição está marcado para 30 de outubro. Até lá, Lula e Bolsonaro voltarão à campanha, marcada neste ano por um forte clima de violência política, praticada em maior parte por bolsonaristas.

Assine o 247apoie por Pixinscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui