Mais de 51 famílias sofrem com as terras caídas da Costa do Catalão

Esse fenômeno já destruiu toda a comunidade nos últimos anos, levando igreja, escola, centro social, campo de futebol, comércio e tudo.

As pessoas da Comunidade da Costa do Catalão, no município de Iranduba, estão acuadas com o fenômeno das cheias e das terras caídas, que estão levando a comunidade rio Solimões abaixo.

Com força total, o Rio Solimões leva tudo: casas, plantações, animais. As águas da cheia de 2017 vieram com força total. Esse fenômeno já destruiu toda a comunidade nos últimos anos, levando igreja, escola, centro social, campo de futebol, comércio e tudo que a comunidade lutou por muitos anos para conseguir.

Esse fenômeno já destruiu toda a comunidade nos últimos anos, levando igreja, escola, centro social, campo de futebol, comércio e tudo.

Até agora, já se mudaram 50 famílias que conseguiram comprar terras em outros lugares para se mudar e retomar a atividade como agricultores. Mas ainda há 51 famílias mais pobres que somente no ano passado conseguiram terra do INCRA para se mudar.

Contudo, elas não têm estrutura para fazer a mudança, porque os terrenos para onde vão não têm água nem luz e é preciso desmatar parte para fazer a moradia e local de plantio.

As famílias também precisam de barracas para acampar provisoriamente, enquanto reconstroem novamente as casas de madeira que serão desmontadas para formar a nova residência no novo terreno.

Terça-feira, dia 4 de julho, cinco famílias estavam fazendo a mudança num barco conseguido com apoio da Defesa Civil de Iranduba, mas o barco naufragou com todas as mudanças.

A assistente social Reuly Ferreira espera conseguir apoio para essas famílias que precisam de infraestrutura de água e luz elétrica no local e transporte de balsa para fazer a mudança coletiva.

Segundo ela, qualquer apoio que possam dar, fazer contato com a assistente social Reuly Ferreira, fone (92) 99103-1682.

Elvira Eliza França

Abaixo o vídeo com a reportagem que uma pessoa fez, sobre a situação no local.

https://youtu.be/5zBnALAcog4

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui