McGregor tem lesão horrível, quebra o pé e acaba derrotado de novo por Poirier

Foto: Reprodução / Internet

A tão esperada trilogia acabou de uma das piores formas possíveis no UFC 264. Em um lance bem feio, Conor McGregor quebrou o tornozelo esquerdo no finalzinho do primeiro round e acabou derrotado no terceiro encontro com Dustin Poirier.

O irlandês já não vinha muito bem na luta. Passou praticamente todo o primeiro round por baixo, apanhando bastante. Nos segundos finais, conseguiu uma brecha para se levantar e tentou ir com tudo para cima. Na ansiedade, porém, acabou pisando em falso, virou completamente o pé e caiu no chão na hora.

Herb Dean ainda demorou a perceber e não encerrou a luta imediatamente. Ao fim do round, porém, McGregor mostrou o pé completamente solto, e o árbitro decretou o final.

Só que McGregor não se calou mesmo com o tornozelo quebrado. Sentado no chão para dar entrevista, ele seguiu provocando Dustin Poirier.
“Eu estava socando a cabeça dele, destruindo a perna. Ele falou que ia ganhar se continuasse, não ia. Se ele quiser levar isso lá para fora, vamos para fora, não me importo nem um pouco”, disse o irlandês, antes de deixar o octógono de maca.

Pouco antes, Poirier havia dito que a lesão não havia sido tão por acaso quanto parecia.

“Ele se machucou em uma das minhas defesas no começo da defesa, depois quebrou quando errou o soco. Tenho certeza! Ele se machucou como defendi um dos chutes dele. Eu senti uma coisa. Ele estava me chutando forte”, disse.

“Karma não é uma vadia, é um espelho. Esse cara ficou falando um monte de m** e eu trabalhando. Às vezes, essas coisas acontecem. Eu ganhei dele”, decretou.

Neste sábado, a luta ficou pouco tempo em pé. Poirier encurtou rapidamente a distância e foi para a queda. McGregor ainda tentou surpreender e quase encaixou uma guilhotina, mas viu o rival sair do golpe. Dustin acabou ficando por cima no chão e castigou bastante por cerca de 3 minutos, com muitos golpes no rosto.

Conor ainda se levantou enquanto o americano reclamava com o juiz, mas logo se machucou.
“Foi uma queda fácil. Ele estava puxando a minha luva para baixo para tentar me acertar com chutes. Esse cara é um saco de lixo!”, disse Poirier.

A luta encerra a trilogia entre os dois, que começou em setembro de 2014 com um nocaute de McGregor e havia tido o nocaute de Poirier em janeiro deste ano.

Fonte: ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui