Mesmo liberado pelos médicos, Hulk deve ficar no banco contra o México

Hulk retorna da clínica aonde fez exames/Foto: Gioras Xerez

Hulk retorna da clínica aonde fez exames/Foto: Gioras Xerez
Hulk retorna da clínica aonde fez exames/Foto: Gioras Xerez

A decisão sobre a utilização do atacante Hulk no jogo contra o México, logo mais às 15h00, ainda não foi oficializada, mas a tendência é mesmo que o atleta fique fora do time titular, só que no banco de reservas. A decisão é da comissão técnica. O médico da CBF, José Luis Runco, afirmou ao GloboEsporte. com na manhã de hoe, terça-feira que o jogador “não tem problema médico” e “está integrado ao grupo”. Ainda assim, a mudança deve ser feita, e Ramires é o provável substituto.

Hulk não participou do último treino da seleção antes da partida, que vale pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. O técnico Luiz Felipe Scolari fez uma atividade fechada – mas foi possível perceber que treinou com Ramires na vaga que seria de atacante do Zenit.

No último domingo, durante o coletivo comandado por Felipão na Granja Comary, em Teresópolis, Hulk sentiu o problema na parte posterior da coxa esquerda. Deixou o gramado cabisbaixo e imediatamente iniciou tratamento com o fisioterapeuta Luiz Rosan.

Em Fortaleza, na última segunda-feira, o jogador foi submetido a um exame de ressonância magnética em uma clínica na capital cearense. Sequer foi ao treino de reconhecimento da Arena Castelão. Segundo a CBF, seguiu no hotel em tratamento.

Na manhã desta terça-feira, a CBF informou que a dúvida seria levada para o Castelão. Felipão decidiria pela escalação ou não do atacante no vestiário, horas antes do início do confronto contra o México, pelo Grupo A da Copa do Mundo.(G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui