Moradores do Conjunto ‘Viver Melhor’ reivindicam melhorias

Deputado Sidney Leite(PROS)/Foto: Rubilar Santos

Deputado Sidney Leite(PROS)/Foto: Rubilar Santos

Isenção da taxa de lixo, funcionamento do sinal de celular e melhoria da segurança foram as principais reivindicações que um grupo de comunitários do conjunto “Viver Melhor”, na Zona Norte de Manaus, apresentou ao deputado Estadual Sidney Leite (PROS), na manhã do último sábado (30).

O vice-presidente da Associação de Síndicos do condomínio, Ismael Moraes, acompanhado de 20 outros moradores explicou que a taxa de lixo está sendo cobrada em 100% pela Manaus Ambiental e solicitou o apoio do deputado Sidney Leite para conseguir a isenção da cobrança.  “Nós temos moradores com contas da Manaus Ambiental cobrando R$ 800 e até R$ 1.200 de taxa de esgoto. Isso é um absurdo. A maioria dos moradores aqui vive de Bolsa – Família”, disse.

Para Moraes, a isenção é justa considerando que o projeto Viver Melhor é um empreendimento habitacional social do Governo do Amazonas, que abriga moradores que viviam em condições de risco, casebres improvisados e sem a mínima infraestrutura de luz, água e esgoto. Hoje a primeira etapa abriga 3,5 mil famílias enquanto a segunda etapa, prevista para ser entregue até o final de dezembro, vai beneficiar 5 mil famílias.

Os moradores reclamaram também da perda constante de sinal de celular no condomínio. Quanto à segurança, reconheceram a importância da presença da viatura do “Ronda nos Bairros” no condomínio com regularidade, mas denunciaram que ainda há indivíduos traficando drogas em espaços comuns da comunidade como as quadras de esportes.

O deputado Sidney Leite  se prontificou a encaminhar as reivindicações aos órgãos competentes assim como intermediar conversas dos moradores com as autoridades responsáveis por esses órgãos, da mesma forma como agiu anteriormente como quando articulou a construção da escola estadual, que está prevista para ser entregue no condomínio a tempo do ano letivo em 2014. Ele orientou os moradores a se organizar no sentido de documentar todas as solicitações com evidências, o que ajuda nas articulações com os órgãos públicos. “No caso da taxa de esgoto, se eu levo várias cópias das contas dos moradores fica mais fácil demonstrar o problema e fazer com que a Manaus Ambiental tome as providências”, explicou.

Sobre o sinal do celular, Sidney Leite lembrou que é um dos relatores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia criada pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e que a mesma está concluindo o relatório final que será votado no dia 12 de dezembro. Ele orientou ainda os moradores a insistirem nas denúncias junto a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pelo número 1331 para que a agência pressione as operadoras a solucionar o problema no “Viver Melhor”.

Zona Norte

O desenvolvimento da Zona Norte de Manaus vem sendo acompanhado de perto pelo deputado Sidney Leite que reconhece a importância do projeto Viver Melhor que beneficia mais de 7 mil famílias (3,5 mil agora na primeira etapa e mais 5 mil, até o final do mês). “Se você parar para refletir, 3,5 mil famílias superam muitas áreas urbanas de municípios do interior do Estado”, comparou. “Houve muitos benefícios, mas há questões que precisam ser equacionadas e os moradores estão na direção certa se organizando e fazendo suas reivindicações legítimas”.

Para a Zona Norte o deputado pretende requerer ao Governo do Estado que providencie a regularização fundiária com a entrega dos Títulos Definitivos de Terras em conjuntos como o Nova Esperança, Fazendinha e Santa Etelvina. “Se a Prefeitura reconhece esses moradores para cobrar o IPTU então eles têm o direito ao Título Definitivo. Isso tem um alcance social e econômico enorme, porque com esse documento, o morador pode conseguir financiamento para reformar, ampliar seu imóvel, construir um quarto para alugar ou para abrigar um filho e uma filha que estão constituindo família. Isso geraria de imediato empregos para a mão de obra da construção civil”, defende.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui