Motoristas de ônibus fazem protestos e fecham terminais de SP

Terminal Bandeira nesta quinta-feira — Foto: Celso Tavares/G1

Motoristas de ônibus da cidade de São Paulo bloquearam ao menos 23 dos 31 terminais de ônibus na tarde desta quinta-feira (5) em protesto contra a redução da frota com a nova licitação do sistema de transporte coletivo. Eles também reivindicam o pagamento de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e garantia de postos de trabalho.

Por volta das 16h50, a Secretaria Municipal de Transportes anunciou a suspensão do rodízio para o final da tarde. Com isso, veículos de finais 7 e 8 poderão transitar no centro expandido entre 17h e 20h.

Ônibus bloqueiam Avenida 9 de julho, às 13h39. — Foto: Márcio Rodrigues/G1

Às 17h, a capital registrava 112 Km de vias congestionadas. Trânsito acima da média para o dia e o horário, que fica entre 57 e 95 Km, segundo a CET.

Os manifestantes também protestaram em frente à Prefeitura de São Paulo, no Centro, onde ocorreu uma assembleia. Após reunião com secretário de transportes, o presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas) anunciou que os terminais devem ser liberados no final da tarde.

Terminais de ônibus fechados:

  1. Bandeira (Centro)
  2. Parque Dom Pedro (Centro)
  3. Princesa Isabel (Centro)
  4. Pinheiros (Zona Oeste)
  5. Campo Limpo (Zona Sul)
  6. Mercado (Centro)
  7. Sacomã (Zona Sul)
  8. AE Carvalho (Zona Leste)
  9. São Miguel (Zona Leste)
  10. Varginha (Zona Sul)
  11. Santo Amaro (Zona Sul)
  12. Barra Funda (Zona Oeste)
  13. Santana (Zona Norte)
  14. Lapa (Zona Oeste)
  15. Jardim Ângela (Zona Sul)
  16. Capelinha (Zona Sul)
  17. Vila Carrão (Zona Leste)
  18. Água Espraiada (Zona Sul)
  19. Sapopemba (Zona Leste)
  20. Guarapiranga (Zona Sul)
  21. Amaral Gurgel (Centro)
  22. Grajaú (Zona Sul)
  23. Pirituba (Zona Norte)

Os motoristas estacionaram veículos em diversos pontos, como por exemplo, na Rua Libero Badaró, na Avenida Brigadeiro Luis Antonio, no Viaduto Dona Paulista, na Rua Barão de Paranapiacaba e na Praça do Correio. Segundo a Polícia Militar, manifestantes ocuparam também uma faixa da Avenida 23 de Maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui