MPAM investiga Prefeitura de Canutama por suspeita de fraude

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) instaurou inquérito civil para apurar a suspeita de fraude e direcionamento em licitações na Prefeitura de Canutama (a 535 quilômetros de Manaus).

As irregularidades estariam na compra de medicamentos, combustíveis e até passagens.
As aquisições ultrapassam os R$ 6 milhões. O MPAM vai investigar quatro processos licitatórios.

Entre as questões investigadas estão o capital de algumas empresas que é inferior ao valor contratado, a falta de certidão negativa, e outras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui