Museo oferece privada de ouro a Trump em vez de Van Gogh

Privada de ouro do artista Maurizio Cattelan - Brenda McDermid/Reuters

A Casa Branca pediu emprestado ao museu Guggenheim uma pintura de Van Gogh, mas o museu ofereceu em seu lugar uma privada de ouro do artista iconoclasta Maurizio Cattelan.

Em um e-mail enviado em meados de setembro, a diretora, artista e restauradora do Guggenheim, Nancy Spector, negou o pedido de empréstimo do quadro “Landscape with Snow” (1888) do pintor holandês, informou o Guggenheim ao jornal The Washington Post.

Spector argumentou que a pintura seria exposta no Guggenheim de Bilbao, na Espanha, antes de retornar a Nova York, onde permanecerá “em um futuro previsível”.

Privada de ouro do artista Maurizio Cattelan – Brenda McDermid/Reuters

Em troca, ofereceu uma privada de ouro maciço de Maurizio Cattelan, que foi exposto no Guggenheim de setembro de 2016 até meados de 2017.

A obra chamada “Estados Unidos”, que inclui assento, tampa e cisterna de descarga da privada, foi utilizada por cerca de 100.000 pessoas durante sua exposição no museu, localizado em frente ao Central Park.

O artista “gostaria de oferecê-lo à Casa Branca para um empréstimo de longo prazo”, escreveu Spector, citada pelo The Washington Post. “É, claro, de um valor excepcional e bastante frágil, mas daremos todas as instruções para a instalação e manutenção”.

Solicitado pela AFP, o Guggenheim se negou a fazer qualquer comentário. A Casa Branca também não se pronunciou.

Os pedidos de empréstimo da Casa Branca são um prática de muitos anos. Durante o governo de Barack Obama, várias pinturas de Mark Rothko e Edward Hopper, entre outros, foram emprestados pelo museu.

Fonte: Istoe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui