Nejmi Aziz toma posse na Aleam ainda tendo que prestar conta à Justiça

Exposa do senador Omar Aziz (PSD), Nejmi Aziz, na Aleam, tomando posse como suplente de deputado - foto: divulgação

A esposa do senador Omar Aziz (PSD), Nejmi Aziz, tomou posse no último dia do ano (31), meio às escondidas. Em uma reunião protocolar alegando problemas da pandemia, ela foi recebida unicamente pelo presidente da Assembléia Legislativa do Amazonas, Josué Neto (PRTB) e o corregedor da casa, Abdala Fraxe (Podemos).

Nejmi chega ao parlamento ostentando o título de ex-detenta, presa duas vezes em Operação Maus Caminhos e Vertex da Polícia Federal, acusada de desvio de verbas milionárias da Saúde no Amazonas. Ela entrou na vaga do deputado Augusto Ferraz (DEM-AM), que assumiu como prefeito do município de Iranduba.

la é alvo de operação que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. (Foto: Arquivo pessoal)

TRF1

A prisão da empossada, durante a Operação Maus Caminhos e todo o processo, porém, foi anulado pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Três desembargadores federais consideraram que a competência para julgar – e até investigar – os crimes comprovados pela Polícia Federal, é da Justiça e Polícia Civil amazonenses. A operação voltou à estaca zero, desde a anulação, dia 4 de dezembro.

A competência é da Justiça amazonense. E ninguém mais falou da operação. Nem, muito menos, devolveram o dinheiro comprovadamente desviado da Saúde do Estado, com a agora deputada seguindo livre e sem dar satisfação sobre o dinheiro desviado.

Ironicamente, Nejmi toma posse em um momento que a Saúde do Estado mais recente dos investimentos que deixaram de ser feitos por causa dos desvios milionários apontados pela Polícia Federal.

Com texto de Marcos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui