‘Ocupa Manaus contra a PEC 55’ é nesta sexta (25)

representantes de várias organizações da sociedade civil promovem o ato público “Ocupa Manaus contra a PEC 55”/Foto: Divulgação

Entidades sindicais, estudantis, movimentos sociais e representantes de várias organizações da sociedade civil promovem nesta sexta (25) o ato público “Ocupa Manaus contra a PEC 55”. A manifestação, contra a Proposta de Emenda à Constituição que limita por 20 anos os gastos primários, ocorrerá na Boulevard Álvaro Maia, nas imediações do Cemitério São João Batista, com concentração a partir das 8h. O ato deve encerrar ao meio dia.

Esta é a segunda manifestação promovida pela Frente de Lutas “Fora Temer” Manaus neste mês contra uma série de medidas apresentadas pelo governo contra os trabalhadores e estudantes brasileiros, entre elas a Medida Provisória (MP) 746/2016 – que trata da reforma do Ensino Médio –, e o Projeto de Lei (PLS 193/2016), que institui o programa “Escola Sem Partido”, mais conhecido como Lei da Mordaça.

“Nós estamos passando por sérios ataques aos nosso direitos, empregos e condições de vida. O governo Temer quer impor uma série de leis que atacam a saúde, educação os direitos trabalhistas e nosso direito de se aposentar. Isso com apoio dos grandes empresários, banqueiros e políticos corruptos e conservadores”, diz trecho de nota publicada na página do evento no Facebook, por meio da qual dezenas de pessoas já confirmaram participação no evento.

Várias organizações da sociedade civil promovem o ato público/Foto: Divulgação
Várias organizações da sociedade civil promovem o ato público/Foto: Divulgação

A expectativa da organização é que o ato público expresse uma forte mobilização contra a PEC 55, como ocorreu no dia 11 deste mês, quando aproximadamente duas mil pessoas lotaram as praças da Polícia e do Congresso, ambas no Centro da capital, para protestar contra a proposta que pretende congelar os investimentos em Educação, Saúde e Assistência Social.

O ato integra o Dia Nacional de Lutas, Paralisações e Protestos, organizado pelas centrais sindicais em todo o país, cuja pauta inclui ainda a luta contra a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui