PM ganha R$ 50 mil no sorteio da Campanha Nota Fiscal Amazonense

PM aposentado ganha R$ 50 mil no sorteio da Campanha NFA /Foto: Bruno Zanardo/Secom

O grande vencedor do sorteio especial da Campanha Nota Fiscal Amazonense é policial aposentado e recém-formado em Direito. Francisco de Almeida, 42 anos, morador da Cidade Nova, zona norte de Manaus, ganhou o prêmio maior da campanha, que promove a cidadania fiscal estimulando os cidadãos a pedirem nota fiscal em estabelecimentos comerciais.

“Sempre acreditei que poderia ganhar”, diz Francisco, revelando que o prêmio lhe permitirá a realização de um sonho de infância: montar um escritório de advocacia. “Meu sonho sempre foi ser advogado. Quando me aposentei, estudei Direito e agora vou usar o dinheiro do prêmio para montar meu escritório”, conta ele, que é padrinho do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC-AM).

Foto: Bruno Zanardo / Secom e Reprodução (Foto do Francisco de Almeida)

Além de Francisco, outras seis pessoas e seis entidades sociais foram contempladas no sorteio, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (16/01), no auditório da Secretaria de Estado Fazenda de Fazenda (Sefaz). Foram distribuídos mais de R$ 150 mil. As entidades sociais recebem um valor equivalente a 40% do prêmio, à parte do valor pago à pessoa física.

De acordo com a secretária Executiva de Receita, Alana Valério, que na cerimônia de sorteio representou o secretário de fazenda Alex Del Giglio – em agenda institucional em Brasília -, a Campanha iniciou em 2015 e já concedeu mais de 40 mil prêmios.

“Desde que a campanha iniciou, em agosto de 2015, foram sorteados 44.855 prêmios, que totalizaram cerca de R$ 9 milhões direcionados aos cidadãos e entidades sociais”, diz ela, falando também da importância do programa para as entidades que dele participam.

Foto: Bruno Zanardo/Secom

“Além de incentivar o incremento da arrecadação e premiar os cidadãos que exigem nota fiscal de serviço, a Nota Fiscal Amazonense também é importante no sentido de poder contribuir com a receita de aproximadamente 100 entidades sociais cujos cadastros estão vinculados a algum padrinho”, destacou ela, que também fez um balanço dos quatro anos da Campanha.

O secretário executivo de Receita, Dario Paim, destacou a importância da campanha para o combate à sonegação fiscal e à concorrência desleal. “Com o estímulo à exigência de nota fiscal, ganha o cidadão, que pode ser premiado, e ganha o estado, que arrecada mais e combate, com ajuda da sociedade, a sonegação e a concorrência desleal”, diz ele.

Uma dessas entidades premiadas foi a Casa do Idoso São Vicente de Paulo. “Hoje, viemos aqui como convidados para prestigiar a cerimônia de sorteio da campanha e acabamos sendo sorteados. Esses R$ 4 mil vão ajudar muito”, disse João. “Eu sempre incentivo aos visitantes da casa para nos cadastrar e colocar o CPF na nota”, ressalta.

Lisura do sorteio – Para assegurar a lisura do sorteio, o chefe do Departamento de Tecnologia da Informação da Sefaz (Detin), Rodrigo Albuquerque, explica como funciona o sistema que define os vencedores e de que forma é feita a garantia de idoneidade no processo.

“O sistema tem como base os dados da extração da Loteria Federal da Caixa Econômica. Os bilhetes premiados dos cidadãos tem uma correlação direta com numerações que não partem de uma geração da própria Secretaria de Fazenda. É a aleatoriedade do sorteio da Loteria Federal que também traz para esse sorteio a garantia de idoneidade”, explica Rodrigo.

Conheça os ganhadores:

Francisco de Almeida
GACC – Grupo de Apoio à Criança com Câncer

Paulo Luiz Gomes Duarte
APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais

Michelle Oliveira dos Santos
Abrigo Coração do Pai

Dannyel Sales
AMA – Associação Amigos dos Autistas do Amazonas

Geasi Morais
CASA MAMÃE MARGARIDA – Inspetoria Laura Vicuña

Alzimara Pontes Barroso
Sociedade São Vicente de Paulo

Denis da Costa Passos
APADAM – Associação de Pais e Amigos do Down no Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui