Polícia alemã captura “Rambo da Floresta Negra”

Caçada chegou a mobilizar mais de 400 policiais (Foto: DW/Deutsche Welle)

Após seis dias de buscas em área montanhosa e de mata fechada, autoridades prendem fugitivo que havia rendido quatro agentes e tomado suas armas. Caçada mobilizou centenas de policiais no sudoeste da Alemanha. Após seis dias de buscas em uma área íngreme de mata fechada. A polícia da Alemanha capturou nesta sexta-feira (17) o fugitivo Yves Etienne Rausch, que foi apelidado de “Rambo da Floresta Negra” pela imprensa do país.

O anúncio foi feito em um tuíte da Polícia de Offenburg, no sudoeste alemão. “Depois de vários dias procurando Yves Rausch, que estava escondido nas florestas ao redor de Oppenau, a polícia prendeu com sucesso o homem de 31 anos. Quatro armas de fogo foram apreendidas na ação”, diz a mensagem.

Não ficou claro se Rausch se entregou ou chegou a resistir à prisão. As autoridades afirmaram que vão conceder uma entrevista coletiva sobre o caso às 20h no horário local (15h em Brasília).

O caso de Rausch mobilizou a polícia do estado de Baden-Württemberg e a imprensa alemã por quase uma semana. Helicópteros, cachorros e unidades táticas de elite participaram da ação, que se concentrou numa região de difícil acesso nos arredores da pequena cidade de Oppenau.

O suspeito acabou sendo chamado de “Rambo” pelos jornais do país devido a similaridades entre elementos do caso e os filmes da franquia estrelada pelo ator Sylvester Stallone.

O episódio todo teve início no último sábado (11), quando a polícia local foi alertada que um homem vestindo roupas de camuflagem e armado com um arco e flecha e facas estava rondando a cidade de maneira suspeita. Era Yves Rausch, um desempregado de 31 anos que vivia isolado numa cabana na Floresta Negra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui