Por onde anda o maior carro do mundo?

Segundo o Guinness Book, trata-se de uma versão (muito) esticada do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible - foto: recuperada

Estacionar um carro dentro de shoppings, prédios de apartamentos modernos ou mesmo nas ruas das grandes cidades muitas vezes é um trabalho hercúleo, já que as vagas geralmente são bem apertadas. Imaginem, então, se a missão for parar o maior carro do mundo, que tem nada menos do que 30,5 metros de comprimento?

Possante

É isso o que o dono encarava sempre que colocava o “possante” nas ruas. E qual é esse carro, hoje detentor do posto de maior do mundo? Segundo consta no Guinness Book, o popular Livro dos Recordes, trata-se de uma versão (muito) esticada do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible.

Para dar uma ideia melhor do que representa esse tamanho todo, imaginem um Chevrolet Onix. O hatch, um dos mais vendidos do Brasil em 2021, tem 3,93 metros. Ou seja: para estacionar o maior carro do mundo seria preciso encontrar uma vaga em que coubessem quase 10 unidades do hatch da GM enfileiradas. Complicado, não é mesmo?

Cadillac

A versão esticada do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible foi fabricada em 1986 e, desde então, é dona do título de maior carro do mundo. E não é à toa que ele ocupa o posto há quase quatro décadas.

O carro foi construído a partir de um Cadillac Eldorado “comum”, mas tem nada menos do que 12 eixos e 26 rodas. Para empurrar o carrão de 10 toneladas, são necessários não um, mas dois motores V8 sob o capô.

E o mais bizarro de tudo: o maior carro do mundo é tão grande que precisa de dois motoristas para manobrá-lo — um tradicional e outro na parte traseira, que ficava responsável por comandar os eixos finais e evitar que o automóvel fique entalado por aí.

O interior do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible, como não poderia deixar de ser, era repleto de luxo e sofisticação. O maior carro do mundo tem uma pequena sala de estar, banheira de hidromassagem e até piscina com trampolim e cama king-size. Por fora, pasmem, há espaço separado para um heliponto.

Criador do carro

O “pai” do maior carro do mundo é bastante conhecido por sua ligação com veículos customizados. O colecionador Jay Ohrberg é responsável por icônicos carros da TV e do cinema.

Foi ele o responsável por tirar do papel o Dodge Charger da série de TV Os Gatões, o carro-falante KITT, que no Brasil ficou conhecido como Supermáquina; alguns modelos de Batmóvel, o carro do Batman; e até o DeLorean que viajava no tempo na imortal triologia De Volta para o Futuro.

Que fim levou o maior carro do mundo?

A má notícia para quem sonha em ver o maior carro do mundo pelas ruas dos Estados Unidos é que ele não está mais em circulação. O projeto de US$ 4 milhões (cerca de R$ 22 milhões) chegou a passar anos abandonado em um armazém na região de Nova Jersey.

Em 2014, foi a leilão, passou por uma reforma total, mas ficou por pouco tempo nas ruas. Desde então, ele pode ser encontrado no Autoseum Automotive Teaching Museum, em Nova York.

O maior carro do mundo virou “cobaia” dos alunos matriculados no curso de restauração de automóveis e, quem sabe um dia, estará pronto para voltar a exibir toda sua magnitude nas ruas.

Com informações Motor24Guinness World Records Quora

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui