Prefeitos querem gastar mais de R$ 4 milhões para comprar alimentos

Foto: Reprodução

Em meio à pandemia do coronavírus e em pleno ano eleitoral, três prefeitos do interior do Amazonas querem gastar mais de R$ 4 milhões com a compra de alimentos. São eles: Jair Souto, de Manaquiri, Sebastião Medeiros, de Manicoré, e Gledson Machado, de Nhamundá.

Somente Jair pretende repassar quase R$ 2 milhões a quatro empresas diferentes. Na lista de alimentos de Manaquiri estão achocolatado, biscoitos, leite, carne, frango e outros. Os itens serão direcionados para a rede municipal de ensino, embora as aulas ainda não tenham previsão de retorno.

No caso de Sebastião Medeiros, em Manicoré, os alimentos serão destinados para as unidades de saúde do município. O valor pago para a aquisição é de pouco mais de R$ 1 milhão e será dividido entre dez empresas.

Gledson Machado também vai pagar pouco mais de R$ 1 milhão para comprar alimentos que atenderão à Prefeitura de Nhamundá e demais secretarias municipais. Apenas uma empresa foi contratada para o serviço, porém, ela atua no mercado de ferragens e ferramentas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui