Prefeituras de Careiro Castanho e Manaquiri atuarão juntas no combate do Covid-19

Foto: Divulgação

Os prefeitos de Careiro Castanho, Nathan Macena, e Manaquiri, Jair Souto reuniram-se ontem terça-feira (24). Para alinhar as ações dos municípios para combater o coronavírus nas duas cidades do interior do Amazonas.
A medida vai unir os esforços na área da saúde das duas prefeituras, que além da troca de experiência entre profissionais, vai poder proporcionar a utilização conjunta de recursos e estrutura. Os gestores anunciaram que serão colocadas barreiras sanitárias, com o apoio do Governo do Estado, em pontos estratégicos nas estradas de acesso aos municípios
“Também vamos garantir uma ambulancha e ambulância exclusivas para transporte de possíveis acometidos nas duas cidades. Essa parceria é essencial para cuidar das nossas pessoas e evitar que essa doença se prolifere ainda mais. Estamos tomando todas as medidas necessárias e estamos preparados para atender possíveis casos em nossa rede de saúde”, afirmou o prefeito Nathan Macena.
Vale lembrar que a prefeitura de Careiro Castanho já determinou que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) avalie periodicamente a situação epidemiológica local e oriente a comunidade sobre medidas de prevenção, com o objetivo de diminuir os riscos à saúde da população.
Foto: Divulgação
Nathan também já decretou a paralisação das aulas da rede municipal de ensino, bem como demais repartições públicas da prefeitura, fechamento de bares, restaurantes e lanchonetes, além de ter equipes acompanhando possíveis aglomerações de pessoas na sede do município e nas comunidades rurais.
O prefeito de Manaquiri, Jair Souto, falou que suas medidas acompanham os decretos de emergência e calamidade dos governos federal e estadual e explicou que atualmente suas equipes estão trabalhando na conscientização dos efeitos do vírus na população.
“Nosso compromisso é fechar o município para retardar a chegada do coronavírus na cidade. Em conjunto com a ação do Careiro Castanho, reduzimos custos e temos mais eficiência nas implementações de alta, média e até baixa complexidade em Saúde. O momento é de unir esforços”, ponderou Jair.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui