Projeto do vereador Everton Assis segue para sanção de Arthur

Vereador Everton Assis - Foto: Reprodução

Nesta terça-feira, 23, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou o Projeto de Lei do Vereador Everton Assis (PSL) que institui, em Manaus, a Campanha Permanente de Prevenção às Doenças Ocupacionais dos Profissionais da Educação. Os problemas são decorrentes da exposição aos riscos da atividade desenvolvida profissionalmente.

O projeto foi aprovado pelos vereadores por meio da Sessão Plenária virtual e segue para sanção do Prefeito de Manaus, Arthur Neto.

As doenças podem causar afastamentos temporários, repetitivos e até definitivos, onerando os cofres públicos e comprometendo a qualidade dos trabalhos desenvolvidos nas unidades que compõem a Rede Municipal de Ensino. Segundo o parlamentar, o projeto tem um alcance muito grande.

“Principalmente, pós-pandemia, pois é fato que muitas pessoas já desenvolvem doenças e transtornos. Esse projeto visa exatamente priorizar os profissionais da área de educação, até por conta da sobrecarga que eles têm”, destacou o vereador.

O objetivo da Campanha Permanente de Prevenção das Doenças Ocupacionais dos Profissionais da Educação é informar e esclarecer os Profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino sobre o risco de manifestar doenças decorrentes do exercício profissional e orientar a respeito de métodos e práticas preventivas de combate às enfermidades decorrentes do exercício profissional. Entre as enfermidades mais comuns estão llesões na coluna vertebral, em membros superiores e inferiores, nas cordas vocais, entre outras.

“É necessário cuidar melhor de nossos educadores, pois eles contribuem decisivamente para o sucesso e no progresso de nossas crianças e jovens, futuro de nossa sociedade”, finalizou o parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui