Projeto pretende evitar suicídios em Manaus

Foto: Divulgação

A prevenção ao suicídio esteve na pauta da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na manhã desta quarta-feira (16). Na ocasião, foi revelado que, somente este ano, Manaus já contabilizou 66 casos de suicídio.

A informação é da psiquiatra Alessandra Pereira. “Foram 66 casos registrados, sendo que para cada um deles, existem três que não entram na contagem”, disse a especialista durante cessão de tempo concedida pelo deputado Álvaro Campelo (Progressistas).

A psiquiatra falou ainda sobre o projeto Ponte Segura, que prevê a colocação de gradil na ponte Jornalista Phelippe Daou, mais conhecida como Ponte Rio Negro. “A proteção de lugares que podem ser usados como meio de suicídio é uma das formas de combate”, afirmou a psiquiatra ao citar a cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, que já conta com projeto de proteção da Ponte Newton Navarro, com casos de suicídio já registrados.

Para o deputado Álvaro Campelo, a criação de parcerias com empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) poderia fortalecer o projeto Ponte Segura. “Esta seria uma solução para diminuirmos os índices de suicídios em Manaus. Os casos só aumentam e a situação está ficando cada vez mais preocupante”, salientou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui