Queda na corrida eleitoral faz Amazonino dar promoção à PM

Em meio a onda de violência na cidade, Amazonino tenta manter seu discurso de "casa arrumada"/Foto: Divulgação/Secom

Em mais um ato eleitoreiro, o candidato à reeleição, governador Amazonino Mendes (PDT), assinou nesta sexta-feira (21) ato de promoção de carreira para 1.9 mil policiais militares e bombeiros do Amazonas. A atitude demonstra mais um desespero do candidato nessa corrida eleitoral que o assusta com alto índice de rejeição (30%) e, consequentemente, com queda da liderança nas pesquisas eleitorais.

Em meio a onda de violência na cidade e descasos na saúde pública, Amazonino tenta manter seu discurso de “casa arrumada” nas campanhas na rádio e TV e nos palanques dos comícios pelo Estado. A única saída pelo visto é conceder benefícios para segmentos expressivos do máquina estatal.

O candidato pedetista ver a cada dia sia cadeira ameaçada para os próximos quatro anos. É fato o desgaste da população pela persona de Amazonino. A cada dia se ouve reclamações nas filas dos hospitais, aumento da violência e os direitos da população sendo violados em serviços essenciais.

Promoções – Das promoções realizadas, 1.642 são para policiais militares e 258 para bombeiros. O anúncio foi feito pelo secretário extraordinário, coronel Walter Cruz, e pelo secretário de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, em coletiva realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na zona centro-sul de Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui