Reitor da UEA estreita relações com universidades dos Estados Unidos

Reitores André Zogahib e John Quelch (centro), com o diretor da Agência de Inovação da UEA, professor Antônio Mesquita - Foto: Divulgação

A Gestão Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) está em tratativas com gestores de instituições internacionais para firmar novas parcerias visando a continuidade do crescimento da universidade para oportunizar melhor ensino e mais possibilidade de pesquisa e benefícios aos alunos.

O reitor da UEA, Prof. Dr. André Zogahib, foi aos Estados Unidos acompanhado do diretor da Agência de Inovação, Prof. Dr. Antônio Mesquita, reunir-se com o reitor da Universidade de Miami, John Quelch.

Após o encontro, Zogahib adianta que, futuramente, poderão ser viabilizados intercâmbios de discentes da UEA que desejam aumentar seus conhecimentos nas áreas de Biotecnologia, Negócios Sustentáveis, Startups, dentre outras. Atualmente, a UEA possui 33 convênios vigentes nacionais e internacionais com 16 países.

“É possível que sejam firmados acordos bilaterais, onde alunos da UEA e da universidade americana realizarão estágios nos EUA e Brasil, respectivamente, durante o período de férias”, informou o reitor, avaliando ser muito importante que alunos em geral e, especificamente, os da UEA, aprendam como é realizada a aceleração de Startups dentro de uma perspectiva norte-americana.

Foto: Divulgação

“Eles podem ter como exemplo o que foi feito, durante muitos anos, no Vale do Silício, e que agora vem sendo executado também em Miami”, ressaltou Zogahib. Segundo ele, Palo Alto, uma das cidades mais famosas do Vale do Silício, é onde encontram-se situadas grandes empresas como Google, Facebook, Microsoft, Dell, Intel e Sony. “Lá também estão as precursoras HP e Xerox, duas das primeiras empresas a ganhar sucesso e visibilidade no mundo da tecnologia.

De acordo com o reitor, a viagem aos Estados Unidos também serve para estabelecer contatos com o College Endeavors e outras universidades. “Conversamos com a direção da Universidade de Babson, que fica em Chicago e tem escritório em Miami. Estamos avançando muito em diversos acordos”, informou.

Zogahib conversou, ainda, com o professor Henry Canfield, da Universidade Internacional da Flórida (FIU). Ele é doutor em Administração de Empresas pela FIU e tem mais de 20 anos de experiência em diferentes setores de negócios e mercados como empreendedor e executivo para organizações globais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui