Setor pesqueiro no Amazonas é tema de reunião entre Sepror e Mapa


A reunião virtual realizada entre a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), por meio da Secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura (Sepa), e representantes de secretarias da área de outros estados, teve como tema a “Pesca Manejada Sustentável do Pirarucu no Amazonas”

Durante sua fala, acompanhada pelos colaboradores que atuam na Gerência de Pesca da Sepror, Leocy Cutrim salientou as etapas para realização do Manejo Sustentável do Pirarucu no Amazonas, bem como iniciativas do Governo do Estado de incentivo ao setor por meio de programas de apoio aos pescadores implantados em vários municípios, que incluem ações de ordenamento pesqueiro, fomento, subvenções, acesso a compras governamentais, entre outras.

Foto: Reyzon Almeida/Sepror

O secretário adjunto destacou as ações do Governo do Estado em benefício de pescadores também com a aquisição do peixe para atendimento a programas de melhoria na alimentação popular e da merenda escolar. Ele disse também da grande expectativa de que ainda, em 2020, seja restabelecida a atividade de Estatística Pesqueira no Amazonas, com a participação da SAP e outros parceiros. O procedimento foi suspenso em 2011.

Cutrim citou ainda as perspectivas de crescimento do setor a partir de investimentos já solicitados ao Governo Federal, por meio do Mapa, o que foi apoiado pelo secretário de Pesca do ministério, Jorge Seif Júnior, que tem se empenhado em buscar meios para atender as demandas apresentados pelo Amazonas para a melhoria do setor pesqueiro no estado.

Ao final do encontro, Leocy Cutrim parabenizou o titular da Secretaria de Pesca do Mapa, ressaltando os resultados alcançados pelas ações adotadas para o desenvolvimento do setor pesqueiro do Amazonas. O representante da Sepror recebeu convite para participar de eventos presenciais que acontecerão neste segundo semestre, para discussão de metas do Mapa para o setor em nível nacional.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui