Susam deve economizar R$ 2 milhões com novo sistema

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) apresentou a ampliação do seu projeto de gerenciamento de documento eletrônico. O Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos (Siged) prevê a eliminação de papel na tramitação de processos da secretaria, dando mais celeridade aos processos internos e reduzindo os gastos anuais em até R$ 2,2 milhões.

Desde o ano passado, a secretaria já trabalha com o processo de pagamento no sistema. A partir de abril vai utilizar o sistema em todos os seus processos internos.

De acordo com o secretário executivo da Susam, João Paulo Marques dos Santos, a intenção é transformar todos os processos físicos da secretaria em processos eletrônicos, tanto na sede quanto nas unidades de saúde da capital e do interior.

Atualmente, cada processo administrativo possui 150 folhas, em média, com custos que variam entre R$ 30 e R$ 70, segundo dados estatísticos de empresas especializadas em software para processos eletrônicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui