Tebet conversa com Lula e diz a aliados que apoiará o petista no 2º turno

Apoio só será anunciado após o MDB liberar oficialmente a senadora - foto: recorte/247

Encontro entre Lula e Tebet, porém, só deve acontecer após o MDB liberar oficialmente o apoio da senadora.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), que ficou em terceiro lugar no primeiro turno da disputa presidencial, sinalizou a aliados que deverá apoiar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com o jornal O Globo, Tebet e Lula conversaram por telefone em uma ligação intermediada pela esposa do petista, a socióloga Rosângela da Silva, conhecida como “Janja”. Um encontro entre eles, porém, só deve acontecer após o MDB liberar oficialmente o apoio de Tebet.

Interlocutores da emedebista disseram que ela também teria recebido uma ligação do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice na chapa de Lula, o que não foi confirmado pela equipe do socialista.

A reportagem destaca ainda que apesar da sinalização, interlocutores da senadora dizem que ela resiste a um engajamento na campanha do petista e deve fazer um apoio crítico, sem participar de agendas ao lado do candidato do PT. Uma pessoa próxima a ela afirmou que ela não será ‘enfática’ no apoio.

Nesta terça-feira (4), o PDT aprovou o apoio do partido à candidatura do ex-presidente Lula (PT) no segundo turno contra Jair Bolsonaro (PL).

Canal Cortes 247 e assista: 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui