Tribunal de Contas comemora 71 anos e lança o projeto “Casa TCE-AM Século 22”

Foto: Divulgação

Comemorar o presente, resgatar o passado e assegurar o futuro. Em celebração aos 71 anos de criação, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) lançou, no fim da tarde desta quinta-feira (14), o “Projeto Casa TCE-AM – Século 22”, que irá restaurar a 2ª sede da história da Corte de Contas, localizada no tradicional Complexo Boothline, no Centro de Manaus.

“Se hoje o Tribunal de Contas do Amazonas é respeitado pelo trabalho desenvolvido para preservar o bom uso do dinheiro público, tudo se deve ao seu início. Essa restauração representa um marco no resgate da história do Tribunal. Quis o destino que eu estivesse como presidente neste importante momento. Que venham mais 71 anos de bom trabalho da nossa Corte de Contas”, disse o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello.

O evento foi transmitido ao vivo pelas redes sociais da Corte de Contas e está disponível para acesso no canal do Youtube do TCE-AM.

A restauração do complexo acontece após assinatura de parceria público-privada envolvendo a Prefeitura de Manaus, o Grupo UAI/Fundação Doimo e o TCE-AM. Após a conclusão das obras de recuperação, a partir de 2022, o local funcionará como um museu virtual para eternizar os métodos e práticas aplicadas pelos técnicos da Corte de Contas amazonense.

Foto: Divulgação

Além dos conselheiros do TCE-AM, a solenidade de lançamento do projeto contou com a participação do prefeito de Manaus, David Almeida; do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), João Augusto Ribeiro Nardes; do presidente do Instituto Ruy Barbosa (IRB), conselheiro Ivan Lelis Bonilla, além de secretários estaduais e municipais e demais autoridades locais.

O projeto “Casa TCE”

Segundo o chefe do Departamento de Pesquisa e Memória do TCE-AM, Josétito Lindoso, o trabalho de recuperação e preservação da história da Corte de Contas, que vem sendo feito há alguns anos, chega a mais um momento especial.

Além das grandes reformas estruturais para tornar o prédio visualmente turístico, a ideia do projeto de revitalização é de reativar o funcionamento do prédio para trabalhos da Corte de Contas.

Inicialmente, o prédio deverá servir como uma base de estudos do Tribunal, contribuindo com pesquisas direcionadas às atividades exercidas pela Corte de Contas.

As próximas fases de planejamento irão englobar os projetos de ocupação e arquitetônicos, para melhor definir as estruturas que serão revitalizadas e as expansões a serem feitas para atender à sociedade e, ao mesmo tempo, preservar a história do Centro e da Corte de Contas.

Presente no evento, o prefeito de Manaus, David Almeida, destacou a importância do resgate cultural do local, aliado ao fomento ao empreendedorismo.

A fala de David Almeida foi acompanhada pelo ministro do TCU, João Ribeiro Nardes, que comentou sobre o exemplo que a Corte de Contas amazonense dá a todos os órgãos públicos.

Além do Projeto Casa TCE-AM, o Tribunal de Contas do Amazonas também conta com o Museu, localizado na sede da Corte de Contas, na avenida Efigênio Sales, bairro Parque Dez. O local conta com réplicas fiéis do primeiro plenário da Corte de Contas, além de objetos, fotos e documentos que retratam a história do Tribunal.

A programação de aniversário do TCE-AM finaliza nesta sexta-feira (15), no auditório do TCE, com a entrega do “Colar do Mérito de Contas” a pessoas que contribuíram e se destacaram por serviços relevantes prestados à sociedade amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui