Venezuelana diz que foi mantida em cárcere privado por cliente

O acusado foi violento com os policiais - Foto: Divulgação

Uma garota de programa de origem venezuelana acionou a Polícia na madrugada dessa sexta-feira (11) após ter sido ameaçada e mantida em cárcere privado por um cliente no Bairro Jardim Paulista, em Cuiabá.
Ao chegar à casa do suspeito, a polícia encontrou a mulher no quintal e o homem, identificado pelas iniciais F.N.D.S, de 32 anos, transtornado dentro do imóvel. Ele foi agressivo com os policiais e resistiu à prisão.

A vítima, identificada como J.C.M.T., de 28 anos, disse que havia combinado um programa com o suspeito em um motel, mas ele a teria forçado a ir até sua casa. Chegando lá, de acordo com o relato da mulher, ele exigiu, de forma agressiva, manter relações sexuais com ela sem usar camisinha.

O acusado foi violento com os policiais – Foto: Divulgação

De acordo com o Boletim de Ocorrência, ela então decidiu encerrar o programa e ir embora, o que fez o cliente se enfurecer ainda mais e a ameaçar de morte com uma faca.

Neste momento, segundo o relato, ela conseguiu pegar a chave da residência, trancar o homem dentro e acionar a PM.

O suspeito e a vítima foram encaminhados à Central de Flagrantes.

Fonte: Mídia News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui