Wilson Lima participa de formatura de bombeiros militares do quadro de saúde

Foto: Diego Peres/Secom

O governador Wilson Lima participou, na noite desta sexta-feira (22/10), da solenidade de formatura de 173 oficiais do Quadro Complementar de Oficiais Bombeiro Militar (QCOBM). O evento ocorreu no quartel do comando geral, localizado na avenida Codajás, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. Ao todo, serão formados pela corporação 483 profissionais do quadro de saúde divididos em três datas para a solenidade, em respeito aos protocolos de segurança contra a Covid-19.

“Eu estou vindo aqui para, primeiro, agradecer, porque vocês foram convocados e já entraram na guerra. Vocês demonstraram o espírito público e o comprometimento que vocês têm com o Estado do Amazonas, num momento em que começaram a salvar vidas, salvar pessoas acometidas pela Covid-19”, enfatizou o governador.

Foto: Diego Peres/Secom

Participaram da solenidade a primeira-dama do Estado, Taiana Lima, a deputada estadual Joana Darc, os deputados Belarmino Lins e delegado Péricles, e o vereador de Manaus Capitão Carpê.

Os novos militares ingressaram nas fileiras da corporação em abril de 2020 para trabalharem no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Dentre os profissionais estão médicos, dentistas, farmacêuticos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem e auxiliares de saúde bucal que atuaram – e ainda atuam – nas mais diversas modalidades de atendimento, levando saúde de qualidade às famílias amazonenses.

Foto: Tácio Melo/Secom

Respeitando as medidas de segurança contra a Covid-19 de evitar aglomeração de pessoas, a formatura ocorre em três dias diferentes, sendo o grupo de oficiais nesta sexta-feira; no dia 27 de outubro a formatura de sargentos e no dia 5 de novembro o evento será para os cabos.

O Comandante Geral do CBMAM, Coronel BM Danízio Valente, explica a importância da atuação destes profissionais, que se comprometeram com a população amazonense no período mais crítico da pandemia e, agora, seguem atuando em benefício da sociedade.

“Hoje eles estão sendo entregues à sociedade para cumprir seu dever para com a sociedade. Então este é um ritual necessário que todo militar passa e faz um juramento de servir a sociedade”, disse o Coronel BM Danízio.

Entre os bombeiros formados, a tenente Patrícia Mota, farmacêutica, destaca a sensação de saber que após o período mais crítico da pandemia, está vivenciando esse momento tão importante na carreira. “Estamos contentes de estar aqui, de somar e poder contribuir com a sociedade e com o Corpo de Bombeiros do Amazonas”, enfatizou.

Foto: TácioMelo/Secom

Policlínica Governador Gilberto Mestrinho – Em dezembro de 2020, foi assinado um Termo de Cooperação Técnica entre o Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), passando a gestão da Policlínica Governador Gilberto Mestrinho para a corporação. A unidade hospitalar é referência para pacientes vindos do interior do Estado.

Distribuição de efetivo – Em março deste ano, o Governador do Amazonas Wilson Miranda Lima assinou o Decreto de publicação do novo Quadro de Distribuição de Efetivo (QDE), que viabiliza a realização de concursos públic

os e a expansão de postos dos bombeiros no interior do estado.

Enfrentamento à Covid-19 – No dia 14 de janeiro deste ano, durante o enfrentamento da segunda onda da Covid-19 no Amazonas, os bombeiros militares assumiram a enfermaria do 6º andar do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV). Com 48 dias de atuação, contabilizaram 72 altas de paciente e nenhum óbito foi registrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui