Abuso de políticos faz povo sair para as ruas – Por Garcia Neto

Garcia Neto é jornalista e professor.

Parece que nossos congressistas esqueceram o compromisso maior de todos eles para com o debate democrático, a transparência nas idéias e com o povo, que reagiu ontem (4/12), contra mais uma tentativa corporativista de deputados federais e senadores de desmontar pacote do Ministério Público de combate à corrupção. Os principais alvos dos atos ao longo do dia foram os presidentes da Câmara e do Senado.

A votação das 10 medidas de Combate à Corrupção na calada da noite fez com que milhares de pessoas saíssem às ruas neste domingo para pedir o afastamento do presidente do Senado, o peemedebista Renan Calheiros, e, ainda, a defesa da Operação Lava Jato e apoio ao juiz Sérgio Moro. Os protestos se espalharam pelo país todo exigindo mudança, numa demonstração de profunda decepção com os políticos.

O povo exige seriedade de nossos parlamentares para com a coisa pública e dá mostra de que não aceita cooptação por parte daqueles que insistem em se manter no poder, mantendo inalterado o processo de degradação moral e política de um país. As manifestações podem se acentuar e dificultar as votações consideradas primordiais para o governo, como a reforma da Previdência.

Garcia Neto é jornalista e professor.
Garcia Neto é jornalista e professor.

Espera-se que o presidente Michel Temer deixe de lado o trocadilho das palavras para justificar apoio a seus auxiliares comprometidos com o ilícito e haja com mais rigor nas suas decisões. Cabe lembrar que a população não mais aceita aquilo que não lhe normal como normal no meio político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui