Adolescentes tentam matar jovem em unidade da Funac, em São Luís

Sede da Funac, em São Luiz/Foto: Arquivo

Sede da Funac, em São Luiz/Foto: Arquivo
Sede da Funac, em São Luiz/Foto: Arquivo

O adolescente de 16 anos que participou da morte do empresário Daniel Prado Smith, ocorrido no mês de setembro do ano passado, em São Luís, tentou matar um interno do Centro Juventude Alto da Esperança, na área Itaqui-Bacanga, ontem, quinta-feira (17).

Segundo a polícia, o adolescente estava em companhia de outro menor e os dois jovens mantiveram relação sexual com a vítima. Eles vão responder por tentativa de homicídio e ato libidinoso.

O delegado do 5º Distrito Policial, Walter Wanderley, informou que os menores pegaram um lençol e fizeram uma ‘Teresa’, com a qual tentaram enforcar a vítima. Os monitores da unidade de ressocialização acionaram a polícia.

Os suspeitos foram ouvidos pelo delegado, e o fato foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), na Madre Deus. Em março deste ano, esse mesmo adolescente conseguiu fugir do Centro do Alto da Esperança, após ter recebido a visita íntima da namorada e, ao deixá-la na porta, agiu armado de uma faca, dominando a monitora de plantão. Ele foi recapturado na cidade de Codó, no começo do mês de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui