Advogada que furtou Comepi terá OAB cancelada

Advogada Ester Pacheco foi flagrada furtando produtos de cosméticos em centro comercial/Foto: Divulgação

Nota de Esclarecimento OAB-AM

Sobre o episódio envolvendo a jovem Ester Ribeiro Pacheco, detida por furto ocorrido no dia 18 de maio de 2019 em um centro comercial de compras em Manaus, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) informa que a mesma possui inscrição na seccional do Amazonas e por considerar que a jovem encontra-se exercendo cargo incompatível com a advocacia, Ester deverá ser suspensa dos quadros da Ordem ou ter sua inscrição cancelada, a depender da natureza do cargo que ocupa junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM).

A OAB-AM lamenta o ocorrido e espera que a mesma possa exercer todas as garantias constitucionais de ampla defesa.

Manaus, 19 de maio de 2019


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui