Amazonas tem 02 senadores e 01 ocupante de uma vaga de senador

Foto: montagem, ilustração

Sempre que falamos em senadores da República, lembramos que o Amazonas, assim como todos os outros estados da Federação possui três deles, hipoteticamente, atuando em uma das duas casas legislativa do Congresso Nacional.

Bem, pelo menos foi para isso que o eleitor os elegeram.

Hoje vimos e ouvimos nas mídias e nas rodas políticas, comentários e divulgações a respeito do trabalho de dois senadores amazonenses: Eduardo Braga e Omar Aziz. E o terceiro passageiro do Senado, por onde anda?

Quem ariscar um palpite, nos envie um SMS, com fotos e tipo de atuação do terceiro parlamentar, que desde a posse em 2019, raras vezes deu o ‘ar da graça’ em alguma ação de peso dentro do Estado do Amazonas.

E se o terceiro ocupante da vaga no Senado, andava sumido, agora evaporou em meio ao volume midiático criado pela CPI da Covid, encolheu diante dos xingamentos do presidente da República, se assustou com os tanques na Esplanada dos Ministérios, em Brasília e com as prisões decretadas pelo STF. Presume-se.

Aparição

Antes de terminar esse texto, talvez para queimar a língua do redator, um gestor público estadual disse por Whatsapp ter ficado estupefato, ao ver esta semana, uma aparição rara: o dito senador sumido conversando com um empresário e um antigo e conhecido político da década de 90, Lupércio Ramos, no Pãozinho & Conveniência, na Avenida Theomario Pinto da Costa, Chapada.

Talvez estivessem rememorando os tempos áureos da era Gilberto Mestrinho e planejando a sua volta à Câmara Municipal de Manaus, ou, talvez, só tomando um cafezinho para tirar o stress da ociosidade.

Ou, talvez, planejando alguma ideia mirabolante, para jogar na mídia e sair do ostracismo midiático. Isso se a inusitada ida ao Senado Federal não tenha sido uma mera necessidade de aposentadoria com salário expressivo. São muitas as dúvidas.

“O discurso dele é só retórica… nada de concretude. Ele é político de cidade, é de interior”, deduziu o gestor público. Uma dica: o senador se chama Plínio Valério (PSDB).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui