AP: MP investiga furtos de veículos e alerta para o golpe do ‘Chapolin’

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Investigações Cíveis e Criminais (PICC), depois de denúncias, instaurou procedimentos para investigar furtos em automóveis que vêm ocorrendo sem nenhum arrombamento, no centro de Macapá. Trata-se do uso de um dispositivo conhecido como “chapolin”, que, acionado pelos criminosos a certa distância do veículo, bloqueia o alarme e suas funções, como o travamento de portas.Segundo a promotora de justiça e coordenadora do Núcleo de Investigação da PICC, Andréa Guedes de Medeiros , o “chapolin” é um controle remoto para eletroeletrônicos, vendido ilegalmente em sites estrangeiros e brasileiros. Os criminosos descobriram um “efeito colateral” desse aparelho: quando acionado, ele inibe e invalida o comando de outros controles, como os dos alarmes de veículos. Dessa forma, o dono acredita que o carro foi trancado, mas o ladrão conseguirá abri-lo facilmente.

 
O Ministério Público recomenda que as pessoas fiquem atentas ao som do bip, pois, quando o bloqueador é acionado, não é possível ouvir o barulho do travamento das portas, nem o acionamento do alarme.

“Nós estamos preocupados, temos conhecimento das denúncias há quase três meses, e posteriormente, demos início às investigações na tentativa de alertar e ajudar na segurança da população”, ressaltou a promotora.

Além do MP-AP, participam também das investigações o Centro integrado de Operação e Defesa Social (Ciods).

Outra recomendação é para que as pessoas, mesmo acionando o bip do carro, retornem ao veículo verificando se realmente as travas do carro foram trancadas.

(Diário do Amapá)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui