Barco de Colombo pode ter sido encontrado 500 anos depois

Pintura "A visão de Colombo" durante viagem em busca da rota ao continente indiano que acabou o trazendo às Américas Foto: Getty Images

Pintura "A visão de Colombo" durante viagem em busca da rota ao continente indiano que acabou o trazendo às Américas Foto: Getty Images
Pintura “A visão de Colombo” durante viagem em busca da rota ao continente indiano que acabou o trazendo às Américas
Foto: Getty Images

Mais de cinco séculos depois, a embarcação “Santa Maria” de Cristóvão Colombo pode ter sido encontrada naufragada no mar do Caribe. É o que acreditam arqueólogos investigadores após descobrirem restos muito antigos, na costa norte do Haiti. As informações são do The Independent.

“Todas as evidências geográficas, topográficas e arqueológicas nos sugerem que os restos naufragados são mesmo do famoso navio Santa Maria de Cristóvão Colombo”, disse o líder das expedição e um dos principais nomes da arqueologia subaquática, Barry Clifford.

Ainda de acordo com o cientista, o governo do Haiti tem ajudado nos trabalhos de escavação e exploração – que tem sido feitos de forma bastante cuidadosa e não-invasiva, por meio de fotos e análise de relatos históricos.
A equipe de cientistas tem usado descrições do diário de Cristóvão Colombo para melhor referência. Uma das evidências apontadas, por exemplo, é a presença de um canhão característico da época de Colombo.

Cristóvão Colombo foi um navegador e explorador genovês, responsável por liderar a frota que chegou ao continente americano no século XV (1492), sob ordens dos reis católicos da Espanha.
Colombo viajava no navio Santa Maria, juntamente com mais dois navios – Pinta e Niña -, na expedição que procurava a rota de comércio curta para a Índia, mas terminou por descobrir a América em 1492. O navio teria afundado após colidir com um recife em dezembro de 1492.

Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui